Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Para mais informações, acesse o nosso Aviso Externo de Privacidade.

Como funciona o vírus da gripe: propagação, contágio e infecção + dicas de prevenção

08/10/2021 como funciona o vírus da gripe

O vírus da gripe é responsável por provocar uma infecção do sistema respiratório, afetando a faringe, laringe e até mesmo os pulmões. Mas você sabe como funciona o vírus da gripe enquanto ele se propaga pelo ambiente, até o contágio e o aparecimento dos primeiros sintomas? 

De modo geral, a gripe sazonal ocorre no inverno, período onde o clima frio e seco favorece a sobrevida do patógeno, além de fazer as pessoas passarem mais tempo em locais fechados, o que é o cenário ideal para favorecer a contaminação. 

Apesar de relativamente se tratar de uma doença de baixo risco, à exceção de pacientes mais suscetíveis à suas complicações, uma gripe é capaz de nos derrubar por alguns dias.  

Por isso, vamos mostrar como funciona o vírus da gripe e dar algumas dicas para você se prevenir. Vamos entender de uma vez por todas como ele se propaga no ambiente, quais as formas mais frequentes de contágio e como o vírus da gripe age no organismo. Continue lendo! 

O que é o vírus da gripe? 

Antes de entender como funciona o vírus da gripe, é interessante definir o que é exatamente esse patógeno, ou melhor dizendo, essa “família” de vírus da categoria Influenza. 

Os vírus causadores da Influenza pertencem a família dos Ortomixovírus,  compostos por patógenos de RNA em hélice única com genomas compostos por 7 ou 8 segmentos de genes. Eles se subdividem em 3 tipos principais: A, B e C. 

De modo geral, o tipo A é o que apresenta maior potencial mutagênico, seguido do tipo B e do C, respectivamente.  

Com base nesse dado, temos o conhecimento que o vírus do tipo A ocorre em humanos, suínos, equinos, aves e mamíferos em geral. O tipo B é exclusivo aos humanos e o tipo C pode afetar tanto humanos quanto suínos. 

Por conta de sua carga genética, cada tipo de vírus da gripe funciona de uma forma específica e age diferente no organismo infectado, provocando diferentes tipos de gripe, como é o caso da gripe H1N1, que ficou conhecida como gripe suína, e da gripe aviária. 

Como funciona o vírus da gripe? 

Agora que já entendemos um pouco mais sobre o patógeno e suas classificações, vejamos como funciona o vírus da gripe de um ponto de vista mais prático. Para isso, vamos dividir os estágios do avanço da Influenza da seguinte forma: 

  1. Propagação; 
  1. Contaminação; 
  1. Infecção e Sintomas. 

Vamos entender a fundo cada uma dessas etapas! 

Propagação 

O vírus da gripe apresenta uma maior incidência nos meses mais frios e secos, principalmente durante o outono e inverno. Essa sazonalidade da gripe está associada à maior sobrevida do vírus e ao nosso próprio comportamento, que facilita a sua propagação. 

Em geral, o vírus se desenvolve principalmente em contato com o organismo hospedeiro. Devido ao alto potencial de mutação de todos os subtipos do vírus da gripe, é muito difícil que o sistema imunológico consiga evitar a contaminação, uma vez exposto ao patógeno. 

Dessa forma, a propagação do vírus da gripe ocorre principalmente através da saliva de uma pessoa contaminada. Quando ela tosse, espirra ou toca objetos após ter contato com a própria saliva, ela libera cargas desse patógeno no ar e nos objetos que utiliza. 

Assim, pessoas que entram em contato com estes objetos ou pessoas infectadas podem acabar sendo contaminadas pelo vírus da gripe.  

Contaminação 

Pensando em como funciona o vírus da gripe, é importante destacar que a contaminação ocorre nas mucosas da face, principalmente nas narinas. Através das proteínas do agente infeccioso, ele é capaz de se instalar nas células da faringe e faz com que elas trabalhem para multiplicar o próprio vírus. 

Por exemplo, nos subgrupos H1N1 e H3N2, quem faz a ligação entre o vírus e as células respiratórias é a hemaglutinina, uma variedade de glicoproteína. 

Na prática, o vírus “sequestra” as células e direciona sua atividade para criar cópias de si mesmo e assim poder se espalhar pelo sistema respiratório como um todo. É nesse momento também que ele irá alterar sua carga genética e promover a mutação a fim de se tornar mais resistente. 

O período entre a chegada do vírus no organismo e o aparecimento dos sintomas é chamado de incubação, onde ele começará a se reproduzir. 

Infecção e sintomas 

O resultado de tudo isso é a infecção respiratória conhecida como gripe. Como o vírus da gripe funciona ao impedir o funcionamento das células e direcionar as áreas do sistema respiratório para sua própria reprodução, o organismo sofre com deficiências de ligações químicas e com o seu mecanismo de combate ao vírus, resultando nos conhecidos sintomas da gripe

São eles: 

  • Febre alta, acima de 38 °C; 
  • Sensação de fadiga e indisposição; 
  • Perda de apetite; 
  • Coriza; 
  • Tosse; 
  • Espirro; 
  • Dores de cabeça e no corpo; 
  • Congestão nasal e outros. 

De modo geral, os sintomas ocorrem pela alteração na atividade celular necessária para o funcionamento adequado do organismo ou pela forma como o sistema imunológico atua para frear a reprodução e expulsar o vírus do nosso corpo. 

Como se prevenir do vírus da gripe? 

Entendendo como o vírus da gripe funciona, podemos estabelecer 5 medidas principais de prevenção contra a gripe. Confira nossas dicas! 

1. Vacine-se 

A vacinação é a forma mais eficaz de prevenir uma gripe, mas é essencial que ela seja feita anualmente.  

Como o potencial de mutação do vírus da Influenza é muito grande, somente com uma nova vacina teremos os anticorpos certos para combater o material genético do vírus que está em circulação. 

2. Evite ambientes fechados 

O ar estagnado em ambientes fechados aumenta as chances de propagação do vírus, principalmente quando uma pessoa infectada está constantemente nesse local, expelindo gotículas de saliva com a respiração, fala, ao tossir ou espirrar. 

3. Lave as mãos com frequência 

Lavar as mãos com frequência é uma boa forma de evitar a gripe. Dessa forma, combatemos o contágio cruzado através de objetos como maçanetas, corrimãos, canetas, talheres e outros.  

4. Cubra a boca e o nariz ao tossir ou espirrar (e lave as mãos a seguir) 

Similar a medida anterior, a pessoa que apresenta sintomas de gripe também deve cuidar para não propagar o vírus, cobrindo a boca e o nariz quando for espirrar ou tossir. Da mesma forma, após a tosse ou espirro, o ideal é higienizar as mãos para evitar a contaminação de objetos. 

5. Fortaleça sua imunidade 

Outra forma de prevenção é através do fortalecimento da imunidade, através da prática de exercícios físicos, dieta balanceada e boas noites de sono. Com isso, você aumenta as chances de prevenção ou tem a possibilidade de ao menos suavizar os efeitos da infecção. 

Referências Consultadas

Taubenberger JK, Morens DM. The pathology of influenza virus infections. Annu Rev Pathol. 2008;3:499-522.

World Health Organization. Influenza (Seasonal). 6 de novembro de 2018. Disponível em: <https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/influenza-(seasonal)>. Acesso em outubro/2021.

Bula do produto Benegrip. Disponível em <https://www.benegrip.com.br/bula.php>. Acesso em outubro/2021.

Benegrip [Internet]. Bula Benegrip Multi. Disponível em <https://www.benegrip.com.br/bula-benegrip-multi.php>. Acesso em outubro /2021.

Benegrip [Internet]. Bula Benegrip Dia. Disponível em <https://www.benegrip.com.br/bula-benegrip-dia.php>. Acesso em outubro /2021.

Benegrip [Internet]. Bula Benegrip Noite. Disponível em <https://www.benegrip.com.br/bula-benegrip-noite.php>. Acesso em outubro /2021.

IQVIA-PMB Set/21

Se for gripe, Benegrip!

Imagem ilustrativa com embalagens dos produtos Benegrip, Benegrip Multi Dia, Benegrip Multi Noite e Benegrip Multi. Em fundo laranja, com o texto escrito

Benegrip tem a linha mais completa* do mercado para o tratamento dos sintomas de gripes e resfriados. Para promover o bem-estar e te ajudar a enfrentar a gripe , Benegrip está disponível em diferentes versões, para variados momentos e necessidades de toda a família!

Benegrip: versão tradicional e eficaz contra os sintomas da gripe. Com o poder dos 2 comprimidos (verde e laranja), combate as dores, febre, congestão nasal. Saiba mais sobre Benegrip

Benegrip Multi: antigripal líquido infantil para crianças a partir de 2 anos. Sua fórmula é feita à base de paracetamol, que combate as dores e a febre. Além disso, tem descongestionante e antialérgico que ajuda a acabar com o nariz entupido. Conheça o Benegrip Multi para cuidar da gripe das crianças!

Benegrip Multi Dia e Multi Noite: Fórmulas pensadas especialmente para os diferentes sintomas do Dia e da Noite e com forte** poder analgésico e descongestionante. A versão Dia não dá sono e contém descongestionante nasal. Já a versão Noite tem antialérgico e ajuda a dormir melhor. Veja como Benegrip Multi Dia e Multi Noite podem te ajudar.
*Linha com a maior quantidade de SKUs do mercado de antigripais. Fonte: IQVIA-PMB Mar/21. **Fórmula com alta concentração de ativos (800mg de paracetamol + 20mg de fenilefrina)