Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Para mais informações, acesse o nosso Aviso Externo de Privacidade.

Cansaço após a gripe: 7 dicas para combater a fadiga pós-virose!

27/05/2022 cansaco-apos-gripe

Infecções virais causam um grande impacto em nosso organismo, que precisa de toda sua energia para combater os invasores e recuperar-se completamente. Gripes e resfriados são exemplos dessas viroses, onde um sintoma comum é a indisposição durante o período de manifestação desses quadros. 

Além disso, muitas pessoas acabam relatando também o cansaço após a gripe, caracterizado por efeitos que incluem fadiga muscular, baixo nível de energia e dificuldade de raciocínio, que pode durar alguns dias ou até mesmo semanas. 

Mas afinal de contas, o que provoca o cansaço após a gripe, quais fatores contribuem para esse quadro e quais cuidados podemos tomar para acelerar a recuperação completa?  

Com o intuito principal de diminuir a frustração que essa fadiga generalizada pode causar, reunimos as informações mais relevantes sobre o assunto. Continue lendo! 

Por que nos sentimos indispostos quando estamos gripados? 

Durante um processo inflamatório e/ou infeccioso, como é o caso da gripe, o funcionamento do organismo se encontra debilitado, considerando que as células não estão trabalhando corretamente por conta da ação do vírus. 

Junto disso, a energia que nos resta é direcionada ao sistema imunológico para combater e expulsar o patógeno invasor, a fim de reparar os danos causados por sua presença. 

Em geral, é por conta desse cenário, associado aos demais sintomas da gripe, que nos faz sentir uma excessiva indisposição. 

Sensação de cansaço após a gripe: o que é? 

O cansaço após a gripe segue basicamente a mesma tendência desse sintoma durante o quadro infeccioso. Nós sentimos dificuldade em iniciar ou executar até o fim uma atividade de rotina, que fica mais desafiadora à medida que insistimos na tarefa e exaurimos as reservas de energia disponíveis. 

De qualquer modo, essa sensação de cansaço após a gripe, bem como a fadiga após outras infecções virais, está associada ao estresse físico e mental, frustração, indisposição e diminuição temporária da capacidade cognitiva. 

O mais comum é que o cansaço após a gripe seja um mecanismo de preservação do organismo a fim de limitar o esforço executado e assim concentrar os nutrientes e energia disponíveis para recuperar totalmente a saúde. 

Vale a pena diferenciar a fadiga pós-viroses de uma sensação crônica de fadiga, que tem duração indefinida e acaba prejudicando a qualidade de vida a longo prazo.  

No caso do cansaço após a gripe, assim como infecções similares, a causa é exatamente a doença causada pelo vírus e o seu impacto no organismo.  

Sintomas que acompanham a fadiga pós-virose 

É claro que esse quadro é focado na sensação de cansaço após a gripe, no entanto, é válido ressaltar que ele costuma estar acompanhado de outros sintomas na maioria dos casos, o que dá a impressão de que a infecção está mais resistente, demorando para passar. 

Nesses casos, o que se sente é uma forma de sequela de uma gripe mais forte, que não chega a uma complicação arriscada mas ainda assim é capaz de causar muito incômodo para o paciente. 

Dessa forma, os sintomas que costumam acompanhar a sensação de fadiga e cansaço pós-gripe são os seguintes: 

  • Dificuldade de concentração; 
  • Raciocínio lento; 
  • Frustração e estresse; 
  • Dores de cabeça; 
  • Garganta inflamada; 
  • Dores musculares ou nas juntas. 

Fatores que contribuem para o cansaço após a gripe 

Embora os estudos sobre esses casos ainda sejam modestos quanto a sua compreensão sobre o tema, já é possível ter uma ideia dos fatores que contribuem para a sensação de cansaço após a gripe. Entre eles, podemos citar: 

  • Inflamação de tecidos do sistema nervoso; 
  • Níveis elevados de citocinas pró-inflamatórias no organismo após a infecção; 
  • Reação incomum ou ineficiente do organismo em resposta ao vírus, como um quadro de imunidade baixa antes da gripe, que pode levar o patógeno a permanecer no corpo por mais tempo. 

Cada uma dessas situações pode provocar ou intensificar a sensação de cansaço após a gripe, variando de acordo com as áreas do corpo atingidas pela infecção viral e a intensidade dos danos. Com esse dado já é possível identificar a importância de investir no fortalecimento da imunidade. 

Mesmo que isso não evite completamente que a pessoa fique doente, a imunidade alta acelera a resposta do organismo, promove sua recuperação e diminui as chances de sequelas, como a própria fadiga temporária. 

Em geral, o quadro costuma durar de dias a semanas. Para obter um diagnóstico preciso, é essencial procurar atendimento médico.  

Vale destacar ainda que a fadiga após infecções virais também ocorre em resfriados, viroses, dengue e a covid-19, embora os estudos sobre seus efeitos de longo prazo ainda estejam em fase inicial. 

Confira nossas dicas: 

7 dicas para aliviar o cansaço após uma gripe 

De modo geral, essas dicas não trazem riscos para o paciente e são muito importantes para diminuir o esgotamento e o estresse durante esse período.  Mesmo que ainda tenhamos poucos dados sobre o tratamento ideal para o cansaço após a gripe, algumas atividades podem trazer alívio e em alguns casos contribuírem para a recuperação do paciente. 

1. Faça repouso e economize sua energia 

O corpo está economizando a energia disponível para não prejudicar suas funções vitais e garantir a completa recuperação. Por isso, evite esforços excessivos e faça repouso sempre que possível até estar totalmente curado da gripe. 

2. Use anotações para suprir falhas de memória e dificuldade de concentração 

O raciocínio lento e alguns lapsos de memória são comuns nessa fase de fadiga pós-infecção viral. Ainda assim, elas podem causar muita frustração e nervosismo. Para minimizar esse efeito, use aplicativos ou um bloco de anotações para se organizar durante esse período. 

3. Pratique atividades relaxantes 

Relaxar é importante para recuperar a energia e disposição a longo prazo, por isso, prefira atividades mais calmantes e regenerativas, como a ioga, meditação ou uma sessão leve de alongamentos. 

4. Adote uma dieta nutritiva para recuperar a energia 

alimentação é uma grande aliada do combate à fadiga, também contribuindo para recuperar-se do cansaço após a gripe.  

Uma dieta rica em vitaminas A, E, C, K e B, além de minerais como zinco, ferro e selênio ajudam a promover a imunidade e reparar os danos causados pela infecção e seus processos inflamatórios.  

5. Hidrate-se bastante 

Beba bastante líquidos, de 2 a 3 litros diariamente, variando de água, suco de frutas e chás. Dessa forma, você facilita a ingestão de nutrientes e fornece uma boa quantidade de líquidos para o corpo utilizar no metabolismo. 

6. Não subestime o poder de uma boa noite de sono 

Dormir é uma atividade relaxante e regenerativa que pode ser utilizada para quem precisa se recuperar do cansaço após a gripe. Da mesma forma que o sono de qualidade atua para fortalecer a imunidade antes de uma infecção, ele também atua na sua regeneração após a doença. 

7. Peça indicação de analgésicos para seu médico 

Além da sensação de cansaço, a dor no corpo também pode debilitar bastante o paciente. Nesse caso, medicamentos analgésicos são eficientes para aliviar este sintoma, sendo uma boa ideia consultar o médico para uma indicação adequada. 

Se for gripe, Benegrip!

Imagem ilustrativa com embalagens dos produtos Benegrip, Benegrip Multi Dia, Benegrip Multi Noite e Benegrip Multi. Em fundo laranja, com o texto escrito

Benegrip tem a linha mais completa* do mercado para o tratamento dos sintomas de gripes e resfriados. Para promover o bem-estar e te ajudar a enfrentar a gripe , Benegrip está disponível em diferentes versões, para variados momentos e necessidades de toda a família!

Benegrip: versão tradicional e eficaz contra os sintomas da gripe. Com o poder dos 2 comprimidos (verde e laranja), combate as dores, febre, congestão nasal. Saiba mais sobre Benegrip

Benegrip Multi: antigripal líquido infantil para crianças a partir de 2 anos. Sua fórmula é feita à base de paracetamol, que combate as dores e a febre. Além disso, tem descongestionante e antialérgico que ajuda a acabar com o nariz entupido. Conheça o Benegrip Multi para cuidar da gripe das crianças!

Benegrip Multi Dia e Multi Noite: Fórmulas pensadas especialmente para os diferentes sintomas do Dia e da Noite e com forte** poder analgésico e descongestionante. A versão Dia não dá sono e contém descongestionante nasal. Já a versão Noite tem antialérgico e ajuda a dormir melhor. Veja como Benegrip Multi Dia e Multi Noite podem te ajudar.
*Linha com a maior quantidade de SKUs do mercado de antigripais. Fonte: IQVIA-PMB Mar/21.**Fórmula com alta concentração de ativos (800mg de paracetamol + 20mg de fenilefrina)