Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Para mais informações, acesse o nosso Aviso Externo de Privacidade.

Como aliviar a tosse seca? Tudo que precisa saber + 7 dicas caseiras

28/12/2021 como-aliviar-tosse-seca-benegrip

Associada a gripes, resfriados e outros quadros que provocam irritação na garganta, a tosse incomoda bastante, especialmente quando estamos tentando repousar ou dormir a noite.  

Como o descanso faz parte das recomendações para recuperar de uma infecção respiratória, saber como aliviar a tosse seca se torna uma dúvida muito frequente e importante. Para ajudar você a acalmar a irritação de garganta, separamos um guia com sete dicas simples. 

Além disso, entenda por que tossimos, quanto tempo costumam durar essas crises e quais as causas mais comuns para a tosse seca. Boa leitura! 

O que é a tosse seca? 

De modo similar ao que vemos na febre, congestão nasal e outros processos inflamatórios, a tosse é um mecanismo de defesa do nosso corpo. Consiste em um reflexo involuntário que visa expelir algum corpo estranho ou alérgeno presente na região da garganta. 

Ocorre especialmente quando a garganta está ressecada, por falta de hidratação adequada ou fatores ambientais, como poluição atmosférica, inalação de fumaça ou poeira. Por outro lado, ela também é um sintoma comum de muitas doenças respiratórias, elevando o nível de seriedade da condição. 

A tosse seca, quando não há presença de muco ou catarro na garganta, é extremamente desconfortável, dificultando o repouso e aumentando a sensação de fadiga que costuma ocorrer durante inflamações dessa natureza. 

Quanto tempo costuma durar a tosse seca? 

A tosse seca pode durar de algumas horas, principalmente se ela tiver sido provocada por uma reação alérgica de baixa gravidade. Porém, ela pode durar bem mais, com dados que apontam uma média de três ou quatro dias para sua recuperação completa. 

Em geral, o sintoma é autolimitante, associado a uma gripe leve ou resfriado. No entanto, casos mais graves podem durar entre três e oito semanas. Nesse caso, é recomendável realizar uma consulta médica para obter o diagnóstico completo. 

Causas comuns para a tosse seca 

Antes de apresentar algumas alternativas de como aliviar a tosse seca, é importante destacar que esse sintoma pode ocorrer por conta de uma infinidade de condições clínicas.  

Primeiramente, temos as infecções virais na parte superior do sistema respiratório, que nada mais são que o resfriado comum, resultando em irritação ou inflamação na garganta, mas sem a presença de muco ou catarro. 

Outra causa frequente para a tosse seca e irritativa é o refluxo gastroesofágico, situação na qual ocorre um retorno involuntário do conteúdo do estômago para o esôfago, causando forte irritação no tecido que reveste esse órgão. 

Por fim, podemos citar como causa para tosse seca a exposição a agentes alérgenos, como poeira e fumaça. Pessoas que sofrem de asma e alergias também podem desenvolver uma variação de tosse crônica. 

Cada um desses casos requer um acompanhamento médico específico. Só assim é possível identificar todos os sintomas, chegar a um diagnóstico preciso e adotar o melhor tratamento. 

Como aliviar tosse seca: 7 dicas que podem ajudar 

É importante destacar que não temos o intuito de substituir a avaliação e o tratamento proposto pelo seu médico, mas as seguintes medidas são formas caseiras e eficazes, que se aplicam a uma variedade de situações. 

Dito isso, confira sete dicas de como aliviar a tosse seca e acalmar sua garganta: 

1. Priorize hábitos e dietas adequadas 

Estudos confirmam que 40% dos pacientes com tosse crônica desenvolvem essa condição por conta do refluxo gastroesofágico e problemas gástricos similares.  

Nesse ponto, é importante adotar hábitos mais saudáveis e cuidar da dieta, principalmente se está quiser aliviar a tosse seca durante a noite, na hora que vai dormir.  

A posição que você dorme pode facilitar o retorno do conteúdo estomacal, sendo recomendado manter a cabeça elevada para obter uma pequena ajuda da gravidade. Além disso, deitar-se logo após uma refeição pode ser a receita para uma crise de tosse. 

Se antes mesmo de ir para a cama perceber uma sensação de queimação e início de refluxo, um antiácido pode diminuir o desconforte e evitar a irritação da garganta. 

2. Evite alérgenos em potencial 

Alergias podem desencadear uma crise de tosse seca, provocando coceira, irritação e reflexos involuntários na garganta. Nessa situação, é essencial identificar fatores que possam estimular a produção de histamina e, se possível, isolá-los. 

Por exemplo, poeira, fumaça de cigarro ou queimadas, pelos de animais e pólen são agentes que pioram uma reação alérgica. Durante uma crise, evitar usá-los pode acalmar a tosse seca. 

3. Hidrate-se bastante 

Manter a mucosa hidratada, além de ingerir bastante líquido para o bem do organismo como um todo, é uma excelente forma de aliviar a tosse seca e irritativa, já que esse processo evita o ressecamento e ajuda na retirada de corpos estranhos que possam se alojar no local. 

Nesse ponto, tome cuidado apenas com o choque térmico, já que ele pode provocar ainda mais a irritação do local. Prefira água, sucos e chás, ou seja, bebidas quentes ou em temperatura ambiente. 

4. Faça repouso e tente relaxar 

Uma crise de tosse seca pode nos deixar em um estado acelerado, já que não conseguimos respirar direito. Nesse ponto, a frequência cardíaca pode aumentar pelo nervosismo e piorar a situação. 

Para evitar esse problema e aliviar a tosse, repouso é um dos melhores remédios. Tente relaxar e descansar, respirando lentamente e tomando cuidado ao engolir saliva. Assim, é possível evitar uma crise e se manter calmo mesmo na adversidade. 

5. Mantenha o ambiente umidificado 

Clima seco é um ingrediente crucial para o ressecamento da garganta e, consequentemente, para as crises de tosse seca.  

Dessa forma, utilize um umidificador de ambientes ou nebulizador para umedecer o espaço ao seu redor e as mucosas, evitando irritação e processos inflamatórios diversos. 

6. Analgésicos para aliviar a dor de garganta 

Dor de garganta, causada por inflamação local, também é um agente que estimula a ocorrência de tosse seca. Por conta disso, é interessante tratar o sintoma com analgésicos, diminuindo o desconforto e facilitando a uma recuperação mais tranquila. Aqui, vale um lembrete: só recorra ao analgésico prescrito por seu médico, ok? 

7. Chás a base de alho, mel e/ou limão 

Chá de alho pode não parecer uma boa ideia, mas esse ingrediente tem comprovada ação anti-inflamatória. Associar o alho ao limão e mel, ou então preparar um chá com apenas esses dois últimos, é uma boa forma de aliviar a garganta inflamada e evitar a tosse seca. 

Quando devo procurar um médico por conta da tosse seca? 

Processos que causam tosse seca aguda costumam durar por volta de quatro dias, nesse tempo, as medidas caseiras podem dar conta do recado. No entanto, alguns sinais podem significar uma severidade elevada, indicando a necessidade de procurar atendimento médico especializado.  

Por isso, fique atento às seguintes complicações: 

  • tosse seca e persistente, com duração de semanas; 
  • as crises de tosse estão mais frequentes ou intensas; 
  • acompanha sensação de mal-estar; 
  • dor no peito e dificuldade de respirar; 
  • dificuldade de dormir e se alimentar; 
  • inchaço nas laterais do pescoço; 
  • sua imunidade é fraca por comorbidades ou tratamentos, como diabetes e quimioterapia, respectivamente; 
  • procure atendimento médico com urgência se notar a presença de sangue na boca ao tossir. 

A tosse seca é um sintoma desconfortável, mas que pode ser controlada com o tratamento e os hábitos corretos. Esperamos que as informações apresentadas tenham sido úteis, para mais dicas de saúde, continue ligado no nosso blog. 

Até a próxima! 

Referências Consultadas

Mahashur A. Chronic dry cough: Diagnostic and management approaches. Lung India. 2015 Jan-Feb;32(1):44-9. doi: 10.4103/0970-2113.148450. PMID: 25624596; PMCID: PMC4298918.

Healthwise [Internet]. Dry Cough. 26 de outubro de 2020. Disponível em: <https://www.uofmhealth.org/health-library/sig56284#sig56284-sec>. Acesso em outubro/2021.

NHS-UK [Internet]. Cough. Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/cough/>. Acesso em outubro/2021.

Josling, P. Preventing the common cold with a garlic supplement: a double-blind, placebo-controlled survey. National Library of Medicine, 2001. Disponível em <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/11697022/>. Acesso em dezembro/2020.

Se for gripe, Benegrip!

Imagem ilustrativa com embalagens dos produtos Benegrip, Benegrip Multi Dia, Benegrip Multi Noite e Benegrip Multi. Em fundo laranja, com o texto escrito

Benegrip tem a linha mais completa* do mercado para o tratamento dos sintomas de gripes e resfriados. Para promover o bem-estar e te ajudar a enfrentar a gripe , Benegrip está disponível em diferentes versões, para variados momentos e necessidades de toda a família!

Benegrip: versão tradicional e eficaz contra os sintomas da gripe. Com o poder dos 2 comprimidos (verde e laranja), combate as dores, febre, congestão nasal. Saiba mais sobre Benegrip

Benegrip Multi: antigripal líquido infantil para crianças a partir de 2 anos. Sua fórmula é feita à base de paracetamol, que combate as dores e a febre. Além disso, tem descongestionante e antialérgico que ajuda a acabar com o nariz entupido. Conheça o Benegrip Multi para cuidar da gripe das crianças!

Benegrip Multi Dia e Multi Noite: Fórmulas pensadas especialmente para os diferentes sintomas do Dia e da Noite e com forte** poder analgésico e descongestionante. A versão Dia não dá sono e contém descongestionante nasal. Já a versão Noite tem antialérgico e ajuda a dormir melhor. Veja como Benegrip Multi Dia e Multi Noite podem te ajudar.
*Linha com a maior quantidade de SKUs do mercado de antigripais. Fonte: IQVIA-PMB Mar/21. **Fórmula com alta concentração de ativos (800mg de paracetamol + 20mg de fenilefrina)