Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Para mais informações, acesse o nosso Aviso Externo de Privacidade.

Como aliviar a tosse: causas, remédios e dicas caseiras [Guia Completo]

02/03/2022 Como aliviar a tosse - conheça as causas, dicas e o que tomar - Benegrip

Na prática, a tosse é um reflexo do corpo que tem o objetivo de limpar ou desobstruir as nossas vias respiratórias, protegendo-as desde a boca até os pulmões. Porém, ela também traz muito desconforto e mal-estar para quem está com o sintoma, especialmente em crises noturnas e acessos persistentes. 

Ela pode ser ocasional, para expulsar partículas irritantes, mas também está associada a infecções respiratórias e inflamações diversas, como gripes, alergias e até mesmo covid-19. Nesses casos, pode piorar a sensação de dor, dificultar o repouso ou afetar diretamente a rotina da pessoa. 

Por se tratar de um assunto muito importante e atual, criamos um guia completo de como aliviar a tosse. Vamos falar sobre as principais causas, quando é recomendado procurar atendimento médico e o que é bom para tosse de acordo com o que provoca essa reação. 

Leia até o fim e confira 8 dicas caseiras de como parar de tossir, eliminando alérgenos e melhorando o seu ambiente. 

O que é a tosse? 

Como foi citado, a tosse nada mais é que um reflexo do organismo para limpar as vias aéreas de microrganismos e partículas capazes de obstruir a passagem de ar ou provocar lesões, irritações e infecções no sistema respiratório. 

A contração repentina que ocorre durante a tosse irá expelir rapidamente o ar dos pulmões, levando consigo quaisquer partículas presentes nas vias aéreas, incluindo saliva.  

Por um lado, a tosse ocasional ocorre quando o corpo percebe a presença de corpos estranhos na garganta que possam ter sido inalados com a respiração, tais como partículas de poeira, pelos de animais e fumaça. 

Nesse caso, ela promove a limpeza da garganta e deve cessar rapidamente, assim que cumprir o seu propósito.  

Em outras situações, crises de tosse ou quadros com sintomas adicionais, como garganta inflamada, febre, catarro ou dificuldade em respirar, ela pode ser mais persistente e intensa. Assim, trata-se de um sinal de que a situação é mais séria, sendo recomendado a procura por atendimento médico. 

Qual a diferença entre tosse seca X tosse com catarro? 

tosse com catarro x tosse seca

A diferença entre a tosse seca e tosse com catarro está muitas vezes ligada a severidade da presença de invasores, que leva o corpo a produzir a secreção como um mecanismo de defesa adicional, capaz de aprisionar corpos estranhos, facilitar sua expulsão do organismo e estimular a limpeza da garganta. 

De modo geral, a tosse seca é caracterizada pela ausência dessa secreção e pela garganta irritada, ressecada e coçando muito.  

Ela ocorre principalmente durante meses de clima seco, onde o corpo tem mais dificuldade em manter a mucosa que reveste a laringe e a faringe bem úmida e protegida, mas também pode ser associada a infecções respiratórias das vias aéreas superiores, que levam a inflamação da garganta. 

Já a tosse com catarro, que dá aquela sensação de peito carregado, é comum em quadros de inflamações e infecções de maior intensidade.  

Nesses casos, o catarro é produzido pelo próprio sistema imune para hidratar a mucosa, levar células de defesa para o local e aprisionar o patógeno causador do sintoma. Dessa forma, a tosse irá expelir o excesso de catarro para limpar a garganta e diminuir a presença desses invasores no organismo. 

Também é importante citar que a cor da secreção pode dar pistas sobre sua causa, da seguinte forma: 

  • catarro transparente: secreção incolor é mais comum em infecções causadas por vírus; 
  • catarro verde ou amarelo: essas tonalidades de secreção indicam que a causa pode ser bacteriana. 

Vale ainda citar que a tosse com catarro que apresenta sangue pode indicar além de uma infecção grave, que ocorreu uma lesão severa nas vias respiratórias, sendo recomendado procurar um centro médico com urgência para realizar exames e descobrir a sua causa. 

Principais causas para a tosse 

Antes de saber como aliviar a tosse é preciso entender o que é capaz de provocar esta resposta do nosso organismo. Infelizmente, a variedade de quadros que podem ativar tal reflexo é muito grande, fazendo com que o diagnóstico correto seja obtido exclusivamente por meio de exames clínicos. 

Por exemplo, o clima seco pode aumentar a chance de irritação na garganta, considerando que é mais difícil para o organismo manter a mucosa bem hidratada. Com isso, temos o ressecamento local, que aumenta a probabilidade de partículas irritantes ficarem presas, levando a tosse seca. 

Esses agentes irritantes também podem provocar reações alérgicas, que dependendo da intensidade podem provocar a produção de secreção para facilitar no combate a tais alérgenos. 

Crises de tosse agudas, que surgem repentinamente e duram poucos dias, podem ser causadas por infecções respiratórias diversas, como a gripe, o resfriado comum, laringite e até mesmo a covid-19.  

Por conta disso, se a tosse vier acompanhada de sintomas clássicos como dores pelo corpo e febre, é recomendado se isolar, fazer repouso e acompanhar atentamente a evolução do quadro, já que os demais efeitos da doença podem facilitar o diagnóstico e também o seu tratamento. 

Outras causas comuns para a tosse aguda incluem a bronquite, bronquiolite e pneumonia.  

Mas e quando ocorre a tosse persistente, o que pode ser? Nesses casos, se refere ao quadro como tosse crônica ou de longo prazo. As causas incluem desde alguns hábitos do paciente até doenças mais sérias. 

Por exemplo, crises de tosse crônica podem ocorrer em pessoas que fumam ou que moram em cidades muito poluídas. Elas também acontecem em pessoas que sofrem com asma ou ainda o refluxo gastroesofágico. 

Por fim, vale citar a tuberculose, uma infecção pulmonar causada pelo bacilo de Koch, ou o câncer de pulmão. Essas causas são mais raras, porém, elas também apresentam maior severidade e demandam tratamento especial. 

Perguntas frequentes sobre a tosse 

principais dúvidas sobre a tosse

Como aliviar a tosse? Quanto tempo ela pode durar? Por que as crises de tosse pioram a noite? O que tomar para parar de tossir? Essas dúvidas são muito frequentes para quem está sofrendo com esse sintoma. 

Agora que já sabemos um pouco mais sobre o que é a tosse e suas possíveis causas, vamos responder as perguntas mais feitas a respeito desse tema.  

Quanto tempo pode durar acessos de tosse? 

Enquanto a tosse ocasional pode ocorrer repentinamente e passar sem grande demora, quadros agudos causados por irritação, alergia ou mesmo infecções respiratórias tem uma duração média de até três semanas. 

Porém, caso apresente a tosse por mais de três semanas, mesmo se tratando de um sintoma isolado, é recomendado procurar atendimento médico para avaliar o quadro, considerando que pode se tratar de uma doença mais grave, como tuberculose ou câncer. 

Por que crises de tosse pioram durante a noite? 

por que crise de tosse piora a noite

Acessos de tosse costumam piorar durante a noite, o que tem muito a ver com nossos hábitos na hora de dormir. Primeiramente, ao ficar em um ambiente fechado por algumas horas, o ar fica mais seco e isso pode aumentar a irritação na garganta. 

Também é válido citar que durante meses mais frios, o clima fica mais frio e seco naturalmente, o que pode piorar a situação. 

Pensando em como aliviar a tosse noturna? Uma alternativa interessante é usar um umidificador de ar para combater o clima seco e hidratar as mucosas ao respirar, o que diminui a irritação e combate as crises. 

A tosse noturna também pode ocorrer pela posição na hora de dormir. Principalmente na tosse com catarro, a gravidade faz com que a secreção acumule na região da garganta e pulmões, aumentando a frequência desse reflexo do organismo. 

Nesse caso, utilizar mais travesseiros para ficar em uma posição com a cabeça elevada acima do tórax é uma forma de amenizar o desconforto e combater os acessos de tosse. 

O que tomar para tosse? 

Quanto aos remédios para tosse, é importante destacar que qualquer tratamento dessa natureza deve ser feito por recomendação médica. Na maioria dos casos, esses remédios ajudam a aliviar a inflamação ou controlar a irritação local. 

Nesse contexto, é comum o uso de anti-inflamatórios para diminuir o inchaço e desconforto na mucosa que reveste a garganta. Como esse quadro também pode causar dores locais, medicamentos com ação analgésica também fazem parte das indicações. 

Por fim, a ação anti-histamínica ou antialérgica também é interessante, sobretudo para combater alergias que estão afetando o organismo e levando ao processo inflamatório. 

Como aliviar a tosse? 

A tosse ocorre principalmente por conta da garganta inflamada, irritada ou com a presença de corpos estranhos no local, por isso, a primeira medida para aliviar a tosse é aumentar a ingestão de líquidos. Dessa forma, é possível limpar a garganta e manter a mucosa hidratada. 

Beba bastante água, sucos e chás, evitando bebidas que causem desconforto gástrico e refluxo. De maneira similar, prefira alimentos mais macios e mais leves. Sopas e caldos são ótimas alternativas, pois também facilitam a ingestão de líquidos. Em tempo, evite exagerar nos condimentos e também as comidas mais apimentadas. 

Outra recomendação importante é fazer o repouso, para evitar a sobrecarga do organismo, diminuir o desconforto e permitir ao sistema imune que ele cuide da sua recuperação completa. Caso sinta a garganta inflamada e dores no corpo, remédios com ação analgésica e anti-inflamatória podem ajudar no tratamento. 

Para finalizar, confira 8 dicas caseiras para aliviar a tosse: 

  1. Mantenha o ambiente bem ventilado e limpo, evitando agentes irritantes como a poeira; 
  1. O uso de umidificadores de ar é altamente recomendado, sobretudo durante situações de clima seco; 
  1. Evite eventuais alérgenos, como a fumaça do cigarro, poeira e pelos de animais; 
  1. Evite comidas apimentadas ou muito secas, que possam lesionar a garganta inflamada com mais facilidade; 
  1. Faça repouso e prefira deitar-se em uma posição com a cabeça levemente elevada em relação ao tórax; 
  1. Alguns alimentos possuem propriedades anti-inflamatórias, como é o caso do alho, limão e mel, por isso, inclua-os em sua dieta se possível, especialmente em bebidas ou refeições quentes, como chás e caldos; 
  1. Ervas como a hortelã e a erva-cidreira também podem atuar no alívio da tosse, facilitando a expectoração e diminuindo o acúmulo de catarro no trato respiratório; 
  1. A inalação para tosse pode trazer alívio ao paciente, já que promove a umidificação das mucosas da laringe e faringe, ela pode ser feita com nebulizadores ou inalação de vapores. 

Resumindo… 

A tosse é um reflexo para limpar as vias respiratórias e expelir microrganismos ou partículas invasoras, frequentemente associada a quadros de irritação, alergia, inflamação ou infecção das vias respiratórias. 

Apesar do desconforto, ao ingerir bastante líquidos e fazer repouso, você estará ajudando o corpo a promover a cura, principalmente por evitar sobrecarga do sistema imune e diminuir a exposição a novos microrganismos durante um evento onde o corpo encontra-se debilitado. 

Medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios ajudam a aliviar a tosse e demais sintomas durante infecções como gripes e resfriados, mas ainda assim o repouso é recomendado. 

Também é interessante procurar maneiras de melhorar o ambiente doméstico, mantendo-o limpo, bem ventilado e com o ar úmido, a fim de evitar possíveis irritações. Durante crises de tosse, também pode ser necessário manter a distância dos seus animais de estimação. 

Por fim, bebidas e alimentos quentes, como canjas, sopas, caldos e chás, são ótimas formas de manter as mucosas hidratadas, aliviar o desconforto da inflamação, aumentar a ingestão de nutrientes apesar da irritação e ingerir ingredientes que ajudam o corpo a atuar na causa da tosse, promovendo a cura. 

Esperamos que esse guia tenha ajudado a entender o que leva a esse sintoma, como aliviar a irritação e parar de tossir. Lembre-se de procurar orientação médica antes de tomar qualquer remédio e, caso o quadro se mostre mais sério, não deixe de ir ao pronto-socorro. 

Até a próxima! 

Referências Consultadas

Rubin BK. The role of mucus in cough research. Lung. 2010 Jan;188 Suppl 1:S69-72. doi: 10.1007/s00408-009-9198-7. PMID: 19936981.

Rubin BK. Aerosol Medications for Treatment of Mucus Clearance Disorders. Respir Care. 2015 Jun;60(6):825-9; discussion 830-32. doi: 10.4187/respcare.04087. PMID: 26070577.

Fahy JV, Dickey BF. Airway mucus function and dysfunction. N Engl J Med. 2010 Dec 2;363(23):2233-47. doi: 10.1056/NEJMra0910061. PMID: 21121836; PMCID: PMC4048736.

Healthwise [Internet]. Dry Cough. 26 de outubro de 2020. Disponível em: <https://www.uofmhealth.org/health-library/sig56284#sig56284-sec>. Acesso em fevereiro/2022.

NHS-UK [Internet]. Cough. Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/cough/>. Acesso em fevereiro/2022.

Josling, P. Preventing the common cold with a garlic supplement: a double-blind, placebo-controlled survey. National Library of Medicine, 2001. Disponível em <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/11697022/>. Acesso em fevereiro/2022.

Se for gripe, Benegrip!

Imagem ilustrativa com embalagens dos produtos Benegrip, Benegrip Multi Dia, Benegrip Multi Noite e Benegrip Multi. Em fundo laranja, com o texto escrito

Benegrip tem a linha mais completa* do mercado para o tratamento dos sintomas de gripes e resfriados. Para promover o bem-estar e te ajudar a enfrentar a gripe , Benegrip está disponível em diferentes versões, para variados momentos e necessidades de toda a família!

Benegrip: versão tradicional e eficaz contra os sintomas da gripe. Com o poder dos 2 comprimidos (verde e laranja), combate as dores, febre, congestão nasal. Saiba mais sobre Benegrip

Benegrip Multi: antigripal líquido infantil para crianças a partir de 2 anos. Sua fórmula é feita à base de paracetamol, que combate as dores e a febre. Além disso, tem descongestionante e antialérgico que ajuda a acabar com o nariz entupido. Conheça o Benegrip Multi para cuidar da gripe das crianças!

Benegrip Multi Dia e Multi Noite: Fórmulas pensadas especialmente para os diferentes sintomas do Dia e da Noite e com forte** poder analgésico e descongestionante. A versão Dia não dá sono e contém descongestionante nasal. Já a versão Noite tem antialérgico e ajuda a dormir melhor. Veja como Benegrip Multi Dia e Multi Noite podem te ajudar.
*Linha com a maior quantidade de SKUs do mercado de antigripais. Fonte: IQVIA-PMB Mar/21. **Fórmula com alta concentração de ativos (800mg de paracetamol + 20mg de fenilefrina)