Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Para mais informações, acesse o nosso Aviso Externo de Privacidade.

17 perguntas sobre a gripe respondidas: tire suas dúvidas!

27/05/2022 perguntas-sobre-a-gripe

De onde surgem as perguntas sobre a gripe mais comuns? Por que temos tantas dúvidas sobre essa doença, apesar de ela ser tão frequente e ter um tratamento amplamente conhecido? É isso que vamos esclarecer agora! 

Embora seja habitual, a gripe comum também é capaz de gerar muitas dúvidas. Todos já ouviram coisas como “banho frio causa gripe” ou “gripe e resfriado é a mesma coisa”, mas será que isso é verdade?  

O tratamento da gripe é fortemente afetado pela nossa cultura. Todos temos uma receita caseira ou uma história passada entre as gerações sobre o que é bom ou ruim nesse momento.  

Na prática, nem sempre essas histórias têm fundamento, já que são afetadas por fatores muitas vezes desconhecidos ou mal interpretados. Para responder às principais perguntas sobre a gripe, fomos atrás de estudos e informações comprovadas. Continue lendo! 

17 perguntas sobre a gripe para conhecer agora  

Quer tirar todas suas dúvidas sobre a gripe, dos principais sintomas e tempo de duração até os tipos de gripe, como ocorre a transmissão e como se prevenir? Então chegou a hora, confira 17 perguntas e respostas sobre a gripe: 

1. O que é a gripe? 

Começando pelo básico, o que é a gripe? Esse é o nome dado a uma infecção viral do sistema respiratório, causada pelo vírus da Influenza. Ela ocorre em epidemias sazonais, principalmente nos meses mais secos e frios. 

De modo geral, ela atinge desde a mucosa nasal até o pulmão. Sendo assim, além do desconforto causado pelos sintomas, ela pode levar a quadros de pneumonia como complicação, o que eleva o risco da doença e exige maiores cuidados.  

2. Quais são os sintomas da gripe? 

Uma das perguntas sobre a gripe feitas com maior frequência aborda a lista de sintomas. Nesse caso, os mais comuns são: 

  • febre alta, acima de 38 ºC; 
  • dor de cabeça; 
  • dor muscular; 
  • dor de garganta; 
  • coriza; 
  • tosse; 
  • fadiga e indisposição. 

Entre esses sintomas da gripe, a febre é um dos mais importantes e primeiros a aparecer. Normalmente, ela ocorre nos primeiros três dias da doença.  

Nesse período os outros sintomas também ocorrem em maior intensidade, diminuindo gradativamente seu impacto até o fim do quadro. 

3. Quanto tempo dura uma gripe? 

A gripe dura de sete a dez dias em média, sendo que os sintomas se manifestam com mais intensidade nos três primeiros, junto da febre. Depois do período inicial, o corpo começa a se recuperar e os sintomas diminuem de intensidade com o passar dos dias. 

4. Quais os diferentes tipos de gripe? 

O vírus da Influenza pode apresentar diferentes mutações, causando assim tipos de gripe diferentes. Podemos dividi-los entre os tipos A, B e C, cada um deles podendo apresentar subgrupos. 

Na prática, devemos focar nos tipos A e B, pois são eles os responsáveis pelas epidemias de gripe sazonal.  

Como exemplo, podemos citar as linhagens de Influenza B, que afetam apenas os humanos, e de Influenza A, que afetam animais e humanos, como é o caso da H1N1, que ficou conhecida como gripe suína. 

5. Gripe e resfriado são a mesma coisa? 

A diferença entre gripe e resfriado está principalmente no agente causador e na intensidade dos sintomas.  

A gripe, como vimos, é causada pelo vírus da Influenza, já o resfriado é um tipo de virose do sistema respiratório superior, com mais de 200 patógenos diferentes conhecidos. 

Além disso, a febre é um dos principais sintomas da gripe, porém, ela raramente ocorre em resfriados, sendo comum apenas na infância. Os demais sintomas, como dores e sensação de cansaço, também são mais fortes na gripe. 

6. É possível curar a gripe? 

A cura da gripe é feita exclusivamente pelo sistema imunológico do indivíduo. Ou seja, depois de contraída, não há muito o que fazer além de repousar e tratar os sintomas para diminuir o desconforto e evitar complicações. 

7. Como aliviar os sintomas da gripe? 

Continuando a resposta da última pergunta sobre a gripe, para aliviar os sintomas é muito importante o repouso. Isso evitará que o corpo gaste ainda mais energia e protege o sistema imunológico para que ele combata o vírus. 

Além disso, a hidratação é muito importante. Beber bastante líquido ajuda a hidratar as mucosas e evita o ressecamento, que pode agravar a inflamação local. A alimentação deve ajudar nisso, com sopas, caldos e chás. 

Por fim, medicamentos com ação analgésica, antitérmica e/ou antialérgica também podem ser usados para diminuir os sintomas, seguindo sempre as recomendações do seu médico. 

8. Como a gripe é transmitida? 

A gripe é transmitida principalmente pelo ar, ou seja, a pessoa contaminada pode expelir gotículas de secreção contendo o vírus ao espirrar, respirar e falar, que posteriormente podem ser inaladas ou engolidas.  

Podemos considerar a boca e o nariz como as principais portas de entrada para o vírus, seja pelo contato direto, conforme citado, ou indireto, que ocorre quando tocamos em uma superfície contaminada e depois levamos as mãos ao rosto. 

9. Banho frio causa a gripe ou piora o quadro? 

A ideia de que tomar banho frio pode causar ou piorar uma gripe não passa de um mito. Lembre-se: a gripe é causada pelo vírus da Influenza e nada mais. Na realidade, tomar um banho com água fria, em torno de 20 °C pode até ajudar a controlar a febre. 

10. Tomar gelado piora a gripe? 

Outro mito similar é sobre tomar sorvete ou consumir bebidas geladas quando se está gripado. Novamente, essas ações não são tão prejudiciais como se imagina. De fato, sintomas como a garganta inflamada podem até ser aliviados com alimentos gelados. 

Mas não encare isso como uma desculpa para só tomar sorvete quando estiver gripado. Bebidas quentes são mais indicadas para aliviar a irritação nas mucosas, umedecer as narinas com os vapores inalados e facilitar a ingestão de nutrientes. 

Sorvetes não são muito nutritivos e podem ocasionar choque térmico quando consumidos juntamente de alimentos quentes, o que pode causar mais irritabilidade e sobrecarga no organismo. 

11. Como prevenir-se da gripe? 

A prevenção da gripe começa pela adequação dos nossos hábitos de rotina. Entre as principais recomendações temos: 

  • lavar as mãos com frequência, especialmente após cumprimentar outras pessoas ou tocar em superfícies compartilhadas; 
  • higienizar as mãos com álcool em gel 70%; 
  • evitar ambientes fechados ou grandes concentrações de pessoas; 
  • evitar tocar os olhos, boca e nariz, especialmente quando estiver em locais públicos; 
  • beber bastante água, praticar esportes e manter uma dieta nutritiva, tudo para fortalecer o sistema imunológico; 
  • cubra a boca e o nariz ao espirrar ou tossir, lavando as mãos assim que o fizer. 

Além de todas essas medidas, a principal delas ainda é a vacina da gripe, sendo a única forma com eficácia comprovada para se prevenir. 

12. A vacina da gripe é segura? 

Sim, a vacina da gripe é segura. Ela utiliza um vírus desativado e não provoca sintomas adversos. A única contraindicação da vacina é para pessoas com alergia a proteína do ovo, que é utilizada para produção do imunizante. 

Em casos em que a pessoa tomou a vacina e mesmo assim ficou doente, pode se tratar de um resfriado, que se trata de uma doença diferente, ou então que ela tomou o imunizante durante o período de incubação do vírus. 

13. Por que devo tomar a vacina da gripe todos os anos? 

O vírus da gripe tem um alto potencial de mutação. Antes da epidemia sazonal, a vacina é produzida para combater os tipos de gripe e subgrupos do vírus que estão em maior evidência naquele período, aumentando assim o seu potencial de imunização. 

Como a gripe sazonal ocorre uma vez ao ano, a campanha de vacinação segue a mesma frequência. 

14. Usar máscara ajuda a evitar a gripe? 

Sim, a máscara facial pode ajudar na prevenção da gripe, assim como é eficiente para evitar a Covid-19. Ela evita que partículas contaminadas dispersas no ar entrem em contato com nosso sistema respiratório, prevenindo a transmissão pelo meio mais comum. 

15. Perguntas e respostas sobre a gripe H1N1 

A gripe H1N1 é uma forma mais agressiva de gripe, que apresenta mais chances de complicações graves, com maior risco de fatalidade.  

Os sintomas são muito similares aos da gripe comum, mas alguns casos podem apresentar maior severidade e estar acompanhado de náusea, diarreia e falta de ar. 

Vale destacar que a vacina da gripe também é eficaz na prevenção da H1N1, portanto é muito importante tomar o imunizante sempre que possível e recomendado. 

16. Perguntas e respostas sobre a gripe aviária 

A gripe aviária é um dos subtipos da Influenza, afetando principalmente as aves, mas com potencial para infectar outros animais, inclusive os humanos. A transmissão ocorre por contato com as secreções, como fezes, sangue e outros.  

Os sintomas e o risco para esse tipo de gripe são os mesmos para outros casos já citados, sendo essencial adotar métodos preventivos, incluindo a vacinação, e, caso já esteja com a doença, procurar aliviar o desconforto e fazer repouso. 

17. Quando devo ir ao médico? 

O ideal é acompanhar os sintomas iniciais, se estiverem sob controle, ir ao hospital pode não ser o recomendado. Quando ficamos doentes, nosso sistema imunológico está com uma alta demanda, que pode ficar maior se exposta ao ambiente de unidades de saúde. 

Nos três primeiros dias, fique atento que estiver sentindo, principalmente a febre. Ela costuma ser alta, em torno de 38 ºC, mas deve se manter estável, controlada por medicamentos e não deve durar várias horas. 

Se a febre não ceder ou notar que após os três primeiros dias os sintomas não melhoram, procure atendimento médico. Isso vale também para o caso de notar sintomas incomuns para quadros de gripe comum, como dor no peito, febre acima de 40 °C, falta de ar e similares. 

Se for gripe, Benegrip!

Imagem ilustrativa com embalagens dos produtos Benegrip, Benegrip Multi Dia, Benegrip Multi Noite e Benegrip Multi. Em fundo laranja, com o texto escrito

Benegrip tem a linha mais completa* do mercado para o tratamento dos sintomas de gripes e resfriados. Para promover o bem-estar e te ajudar a enfrentar a gripe , Benegrip está disponível em diferentes versões, para variados momentos e necessidades de toda a família!

Benegrip: versão tradicional e eficaz contra os sintomas da gripe. Com o poder dos 2 comprimidos (verde e laranja), combate as dores, febre, congestão nasal. Saiba mais sobre Benegrip

Benegrip Multi: antigripal líquido infantil para crianças a partir de 2 anos. Sua fórmula é feita à base de paracetamol, que combate as dores e a febre. Além disso, tem descongestionante e antialérgico que ajuda a acabar com o nariz entupido. Conheça o Benegrip Multi para cuidar da gripe das crianças!

Benegrip Multi Dia e Multi Noite: Fórmulas pensadas especialmente para os diferentes sintomas do Dia e da Noite e com forte** poder analgésico e descongestionante. A versão Dia não dá sono e contém descongestionante nasal. Já a versão Noite tem antialérgico e ajuda a dormir melhor. Veja como Benegrip Multi Dia e Multi Noite podem te ajudar.
*Linha com a maior quantidade de SKUs do mercado de antigripais. Fonte: IQVIA-PMB Mar/21.**Fórmula com alta concentração de ativos (800mg de paracetamol + 20mg de fenilefrina)