Paracetamol serve para dor de garganta

Sendo um dos analgésicos mais difundidos e indicados do mundo, não é segredo que o paracetamol serve para dor de garganta, enxaquecas e alívio de muitas outras dores, além de ter efeito antipirético, capaz de auxiliar a controlar a febre.

Nesse post, vamos explicar como ele age no organismo e por que se tornou uma das principais escolhas para o tratamento de sintomas relacionados à gripes, resfriados e dores, ao mesmo tempo que serve de alternativa segura para quem não pode tomar os anti-inflamatórios não esteroides (AINES).

Aproveite a leitura!

O que é o paracetamol?

Também chamado de acetaminofeno, o paracetamol é um componente farmacológico bastante popular, com capacidade de fornecer ação analgésica, eficaz para o alívio da sensação de dor, e antipirética (antitérmica), que pode auxiliar no controle da temperatura corporal e fazer baixar a febre.

Apesar de ser recomendado que todo consumo de medicamentos seja orientado por um médico, esse componente não necessita de receita para ser adquirido em farmácias, considerado bastante seguro, inclusive para crianças, idosos e mulheres grávidas, desde que em doses adequadas.

Está presente em diversos tipos de analgésicos, em muitos casos associado a outros componentes, como a cafeína, a fenilefrina e a codeína, quando é necessário um efeito mais potente. É muito comum para tratar sintomas de gripes e resfriados em medicamentos de uso adulto e pediátrico.

Quais são os efeitos conhecidos do paracetamol?

Como mencionado, o paracetamol possui dois ativos principais, agindo como analgésico e antitérmico. Começando pelo efeito analgésico, indicado para o alívio de dores de intensidade média a alta, como é o caso de enxaquecas, cólicas menstruais, torções e dor de dente, entre outras situações.

Seu uso no combate à febre é bastante eficaz, especialmente no caso de infecções respiratórias, como a gripe, o resfriado infantil e similares.

Paracetamol serve para dor de garganta?

O paracetamol é bom para a dor de garganta, sendo um dos componentes farmacológicos mais indicados para o alívio de qualquer tipo de dor. A preferência por ele acontece por ter um consumo amplamente seguro para a maioria das pessoas e apresentar baixo risco de efeitos adversos.

Com isso, ele faz parte do tratamento indicado por médicos para sinusite, faringite, amigdalite, alergias, gripes e resfriados, seja para crianças ou adultos, entre outros grupos de pacientes que precisam de cuidados extras na hora de prescrever remédios.

Também podemos destacar que ele é encontrado em diversas apresentações, incluindo cápsulas, comprimidos e em solução líquida, que é mais a forma mais prática para crianças tomarem paracetamol para a dor de garganta, febre ou outro sintoma.

Quando tomar paracetamol é indicado?

De modo geral, é indicado tomar paracetamol quando estiver com dor ou febre, sintomas comuns para uma série de problemas de saúde, entre os quais podemos citar:

  • gripe;
  • resfriado;
  • garganta inflamada;
  • amigdalite;
  • sinusite;
  • cólica menstrual;
  • dores musculares;
  • artrite;
  • dor de dente;
  • dor de cabeça ou enxaqueca.

Nesses casos, é comum comparar o efeito do paracetamol com o grupo de AINEs, os anti-inflamatórios não esteroides, que são considerados até mais eficientes que ele. No entanto, podem não ser indicados para grupos mais sensíveis, como crianças e grávidas, além de terem mais risco de reações adversas.

Quem pode tomar paracetamol para dor de garganta? Quem deve evitar?

Quase todo paciente pode tomar paracetamol para dor de garganta ou outro problema para o qual ele costuma ser indicado, com segurança e baixo risco de provocar alterações ou reações negativas no organismo.

Até mesmo mulheres grávidas, lactantes e crianças a partir dos dois meses de vida podem ingerir doses do componente para tratar dores e febre.

Para assegurar que a quantidade ingerida do medicamento é adequada, leia sempre a bula e fique atento às recomendações de médicos e farmacêuticos.

Ainda assim, existem casos em que o paracetamol deve ser evitado ou exige acompanhamento médico para ser usado sem risco à saúde. Por exemplo:

  • pessoas com doenças renais ou no fígado;
  • pacientes com histórico de alcoolismo;
  • pessoas muito abaixo do peso ideal para seu perfil;
  • quem faz uso contínuo de medicamentos que não permitem o consumo simultâneo de paracetamol;
  • quem já teve reações alérgicas ao paracetamol.

O paracetamol pode causar danos ao fígado e aos rins quando tomado em altas doses por períodos muito longos, assim como em casos de superdosagem acidental.

Qual o melhor remédio para dor de garganta?

De modo geral, não é possível afirmar qual o melhor remédio para dor de garganta. Cada medicamento tem sua aplicação, eficiência e probabilidade de causar reações adversas.

Componentes como a dipirona e o ibuprofeno (AINEs), até são creditados com uma maior eficiência no tratamento de inflamações, dores e febre, porém, eles oferecem um risco maior de provocar efeitos indesejados e prejudicar a saúde de quem toma.

Por exemplo, o ácido acetilsalicílico (AAS), foi ligado ao aumento do risco da Síndrome de Reyes, uma doença rara que provoca confusão mental, problemas de fígado e inchaço no cérebro, que pode atingir aqueles que estão se recuperando de uma gripe infantil.

O paracetamol, apesar de não ser considerado tão potente, é mais seguro e não provoca tantas reações adversas, sendo a primeira escolha dos médicos para tratar crianças, grávidas, lactantes, idosos, asmáticos, hemofílicos e outros grupos que não podem ser tratados com os AINEs.

De modo geral, o melhor é procurar orientação médica para seguir com qualquer tratamento, seja o uso de paracetamol para tratar dor de garganta, febre ou qualquer outro mal-estar no corpo.

E então, tirou suas dúvidas sobre para que serve e quando tomar o paracetamol? Esperamos que tenha encontrado informações relevantes sobre esse remédio e suas aplicações nesse post. Para mais guias como esse, confira outros conteúdos no blog Portal da Saúde.

Se for gripe, Benegrip!!

Imagem ilustrativa com embalagens dos produtos Benegrip Família Em fundo laranja, com o texto escrito

Benegrip tem a linha mais completa* do mercado para o tratamento dos sintomas de gripes e resfriados. Para promover o bem-estar e te ajudar a enfrentar a gripe , Benegrip está disponível em diferentes versões, para variados momentos e necessidades de toda a família!

Benegrip: versão tradicional e eficaz contra os sintomas da gripe. Com o poder dos 2 comprimidos (verde e laranja), combate as dores, febre, congestão nasal . Saiba mais sobre Benegrip.

Benegrip Multi: :antigripal líquido infantil para crianças a partir de 2 anos. Sua fórmula é feita à base de paracetamol, que combate as dores e a febre. Além disso, tem descongestionante e antialérgico que ajuda a acabar com o nariz entupido. Conheça o Benegrip Multi para cuidar da gripe das crianças!Saiba mais sobre Benegrip Multi.

Benegrip Multi Dia e Multi Noite Fórmulas pensadas especialmente para os diferentes sintomas do Dia e da Noite e com forte** poder analgésico e descongestionante. A versão Dia não dá sono e contém descongestionante nasal. Já a versão Noite tem antialérgico e ajuda a dormir melhor. Veja como Benegrip Multi Dia. e Benegrip Multi Noite. podem te ajudar.

*Linha com a maior quantidade de SKUs do mercado de antigripais. Fonte: IQVIA-PMB Dez/21.

**Fórmula com alta concentração de ativos (800mg de paracetamol + 20mg de fenilefrina)

Bula do produto: Benegrip.
Bula do produto: Benegrip Multi.
Bula do produto: Benegrip Multi Dia.
Bula do produto: Benegrip Multi Noite.

Benegrip. dipirona monoidratada, maleato de clorfeniramina, cafeína. Indicações: tratamento sintomático da gripe e resfriado. MS 1.7817.0092. Benegrip Multi. paracetamol, cloridrato de fenilefrina, maleato de carbinoxamina. Indicações: analgésico e antitérmico. Descongestionante nasal em processos de vias aéreas superiores. MS 1.7817.0768. Benegrip Multi Dia. paracetamol, cloridrato de fenilefrina. Indicações: para o tratamento dos sintomas das gripes e resfriados, como dor, febre e congestão nasal. MS 1.7817.0869 Benegrip Multi Noite. paracetamol, cloridrato de fenilefrina, maleato de carbinoxamina. Indicações: para o tratamento dos sintomas das gripes e resfriados, como dor, febre, congestão nasal e coriza. MS 1.7817.0868. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. Dez/21.

Encontre o Benegrip ideal para você

Imagem da embalagem de Benegrip.

Benegrip®

O poder dos dois comprimidos
Benegrip® combate de maneira eficaz os sintomas de gripes e resfriados.1

Encontre aqui Saiba mais
Imagem da embalagem de Benegrip® Multi Dia.

Benegrip® Multi Dia

Combate os sintomas de gripes e resfriados, com um potente* efeito analgésico e descongestionante, sem dar sono4.

Encontre aqui Saiba mais
Imagem da embalagem de Benegrip® Multi Noite.

Benegrip® Multi Noite

Combate os sintomas de gripes e resfriados com um potente* efeito analgésico, descongestionante e antialérgico, para ajudar a dormir melhor5.

Encontre aqui Saiba mais

Suplemento Alimentar

Embalagem do Benegrip® Imuno Energy

Benegrip® Imuno

Cuida da sua imunidade e energia para te ajudar na recuperação da gripe.

Encontre aqui Saiba mais