dose de reforço covid

Segundo o Ministério da Saúde, mais de 69 milhões de brasileiros ainda não tomaram a dose de reforço da covid-19. Considerando a sua importância para a prevenção da doença e para diminuir os seus efeitos, esses números são bastante preocupantes.

Principalmente com o aparecimento de uma nova subvariante do coronavírus, que é mais transmissível, a falta da vacinação completa pode estar por trás do aumento do número de infecções no país.

No Brasil, desde o início da campanha, 85% da população total tomou a primeira dose, enquanto 80% recebeu a segunda (ou dose única). Contudo, apenas 50,34% das pessoas tomaram a dose de reforço da covid-19.

Mas, como a doença é causada por um vírus que sofre mutações e, por isso, novas variantes surgem, é essencial que o ciclo de vacinação esteja completo para impedir novas infecções e seus efeitos colaterais.

Como a variedade de vacinas e o tempo que se deve esperar entre as doses pode confundir muitas pessoas, trouxemos um conteúdo completo para tirar as principais dúvidas sobre o assunto. Boa leitura!

Qual a importância da dose de reforço da covid-19?

O Ministério da Saúde anunciou em setembro de 2021 que qualquer pessoa com 18 anos ou mais pode obter uma dose de reforço da covid-19, desde que tenha recebido sua segunda dose da vacina há pelo menos quatro meses.

Desde junho de 2022, a instituição recomenda a aplicação da quarta dose, que também é chamada de segunda dose de reforço.

Apesar de algumas pessoas ainda duvidarem da necessidade dessas doses de reforço, vale lembrar da importância da vacinação como uma medida coletiva.

Afinal, aqueles que não completaram o esquema vacinal são mais propensos a transmitirem o vírus, principalmente para quem faz parte do grupo de risco ou até mesmo crianças que ainda não se vacinaram.

Por que tomar a dose de reforço da covid-19?

Os principais benefícios em tomar a dose de reforço da covid-19 são:

  • Aumento dos anticorpos: a dose de reforço é indicada para aumentar a quantidade de anticorpos no organismo, visando prolongar a imunidade e manter a eficácia na prevenção de casos graves da doença;
  • Proteção contra novas variantes: a quarta dose da vacina serve para recompor a efetividade dos imunizantes adquiridos anteriormente, preparando o organismo para as cepas em maior circulação;
  • Prevenção contra nova onda da pandemia: com o relaxamento das medidas de segurança e maior circulação de pessoas, houve um considerável aumento na infecção de brasileiros, principalmente da nova variante. A dose de reforço é uma forma de evitar essa propagação acelerada, o que poderia dar início a uma nova onda.

Tudo isso mostra que completar o ciclo vacinal, assim como tomar novas doses quando forem liberadas, é fundamental para prevenir novos surtos  e, principalmente, para promover mais saúde e bem-estar aos indivíduos.

Dose de reforço da covid-19: 4 dúvidas

Agora que você já sabe sobre a importância de toda a população tomar a dose de reforço da covid-19, algumas dúvidas podem surgir:

  • Quando tomar a dose de reforço;
  • Quem pode tomar a dose de reforço;
  • Quantas doses de reforço deve tomar;
  • Qual dose de reforço tomar.

Confira, a seguir, as respostas para essas questões.

Quando tomar a dose de reforço?

É indicado que a segunda dose de reforço da covid-19 seja tomada após quatro meses da última aplicação para o público com mais de 18 anos. Lembre-se de verificar a situação na sua cidade para entender como anda o ritmo da vacinação.

Além disso, o Ministério da Saúde adverte que, por segurança, devemos ter um intervalo de no mínimo 14 dias entre a aplicação das vacinas da covid-19 e da gripe. Isso serve para evitar efeitos adversos e garantir a aquisição da imunidade pelo organismo receptor.

Outro ponto relevante é que se você teve covid recentemente, deve aguardar o período de um mês para tomar qualquer dose da vacina, contando a partir do primeiro dia de sintomas.

Quem pode tomar a dose de reforço?

Segundo as recomendações do Ministério da Saúde, a primeira dose de reforço pode ser aplicada em crianças a partir dos 12 anos. Já a segunda está liberada para todos os adultos a partir dos 18 anos.

Recentemente, teve início o ciclo da terceira dose de reforço para alguns públicos, que incluem: profissionais da saúde, terceira idade, imunossuprimidos e outros grupos de riscos.

Mas não são todos os estados que já estão oferecendo essa última aplicação, por isso é preciso manter-se atento a essas questões na sua cidade.

Quantas doses de reforço devo tomar?

Sempre que houver liberação do Ministério da Saúde e dos municípios, é recomendado que as novas doses de reforço da covid-19 sejam tomadas.

Como você viu, o público com mais de 18 anos pode receber a segunda. Contudo, já há autorização para a terceira dose, que deve ter a sua aplicação mais lenta, mas que eventualmente chegará para toda a população adulta.

Pode parecer estranho tomar tantas doses da vacina, mas é necessário lembrar que, assim como a gripe, a covid-19 é uma doença causada por um vírus que sofre mutações com o tempo.

Por isso, novas variantes vão surgindo, às vezes mais fortes que as primeiras, e isso indica a importância do reforço vacinal.

Até mesmo porque, se for parar para lembrar, as vacinas da gripe devem ser tomadas anualmente para garantir a sua eficácia.

Qual dose de reforço tomar?

No Brasil, são aplicadas as vacinas da Pfizer, AstraZeneca, Janssen e Coronavac contra a doença. Os adultos podem tomar qualquer uma dessas vacinas como dose de reforço, conforme estiverem disponíveis na sua cidade.

Previna-se além da vacina!

A dose de reforço da covid-19 é fundamental para reduzir o número de casos e prevenir quadros graves da doença, efetivamente desacelerando o avanço da pandemia. Mas essa não deve ser a única preocupação quando se fala de prevenção.

Mesmo que os cuidados tenham sido flexibilizados, as medidas não farmacológicas são de grande relevância para evitar o avanço do coronavírus. Nesse caso, as principais recomendações são:

  • Evite aglomerações e locais fechados;
  • Use máscara de modo adequado, cobrindo completamente o nariz e a boca quando estiver em locais públicos ou interagindo com outras pessoas;
  • Lave as mãos com frequência, utilizando água e sabão;
  • Quando não puder fazer a higiene das mãos com água e sabão, use álcool em gel;
  • Evite tocar o rosto, especialmente quando estiver em locais públicos;
  • Não compartilhe objetos pessoais, como talheres e copos;
  • Manter a imunidade alta com uma boa alimentação e ajuda de suplementos vitamínicos;
  • Caso tenha suspeita de covid, mantenha-se isolado e faça o teste.

Afinal, todo cuidado é necessário para reforçar a prevenção e combater a pandemia, certo? Então, não deixe de fazer a sua parte.

Se for gripe, Benegrip!!

Imagem ilustrativa com embalagens dos produtos Benegrip Família Em fundo laranja, com o texto escrito

Benegrip tem a linha mais completa* do mercado para o tratamento dos sintomas de gripes e resfriados. Para promover o bem-estar e te ajudar a enfrentar a gripe , Benegrip está disponível em diferentes versões, para variados momentos e necessidades de toda a família!

Benegrip: versão tradicional e eficaz contra os sintomas da gripe. Com o poder dos 2 comprimidos (verde e laranja), combate as dores, febre, congestão nasal . Saiba mais sobre Benegrip.

Benegrip Multi: :antigripal líquido infantil para crianças a partir de 2 anos. Sua fórmula é feita à base de paracetamol, que combate as dores e a febre. Além disso, tem descongestionante e antialérgico que ajuda a acabar com o nariz entupido. Conheça o Benegrip Multi para cuidar da gripe das crianças!Saiba mais sobre Benegrip Multi.

Benegrip Multi Dia e Multi Noite Fórmulas pensadas especialmente para os diferentes sintomas do Dia e da Noite e com forte** poder analgésico e descongestionante. A versão Dia não dá sono e contém descongestionante nasal. Já a versão Noite tem antialérgico e ajuda a dormir melhor. Veja como Benegrip Multi Dia. e Benegrip Multi Noite. podem te ajudar.

*Linha com a maior quantidade de SKUs do mercado de antigripais. Fonte: IQVIA-PMB Dez/21.

**Fórmula com alta concentração de ativos (800mg de paracetamol + 20mg de fenilefrina)

Bula do produto: Benegrip.
Bula do produto: Benegrip Multi.
Bula do produto: Benegrip Multi Dia.
Bula do produto: Benegrip Multi Noite.

Benegrip. dipirona monoidratada, maleato de clorfeniramina, cafeína. Indicações: tratamento sintomático da gripe e resfriado. MS 1.7817.0092. Benegrip Multi. paracetamol, cloridrato de fenilefrina, maleato de carbinoxamina. Indicações: analgésico e antitérmico. Descongestionante nasal em processos de vias aéreas superiores. MS 1.7817.0768. Benegrip Multi Dia. paracetamol, cloridrato de fenilefrina. Indicações: para o tratamento dos sintomas das gripes e resfriados, como dor, febre e congestão nasal. MS 1.7817.0869 Benegrip Multi Noite. paracetamol, cloridrato de fenilefrina, maleato de carbinoxamina. Indicações: para o tratamento dos sintomas das gripes e resfriados, como dor, febre, congestão nasal e coriza. MS 1.7817.0868. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. Dez/21.

Encontre o Benegrip ideal para você

Imagem da embalagem de Benegrip.

Benegrip®

O poder dos dois comprimidos
Benegrip® combate de maneira eficaz os sintomas de gripes e resfriados.1

Encontre aqui Saiba mais
Imagem da embalagem de Benegrip® Multi Dia.

Benegrip® Multi Dia

Combate os sintomas de gripes e resfriados, com um potente* efeito analgésico e descongestionante, sem dar sono4.

Encontre aqui Saiba mais
Imagem da embalagem de Benegrip® Multi Noite.

Benegrip® Multi Noite

Combate os sintomas de gripes e resfriados com um potente* efeito analgésico, descongestionante e antialérgico, para ajudar a dormir melhor5.

Encontre aqui Saiba mais

Suplemento Alimentar

Embalagem do Benegrip® Imuno Energy

Benegrip® Imuno

Cuida da sua imunidade e energia para te ajudar na recuperação da gripe.

Encontre aqui Saiba mais