Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Para mais informações, acesse o nosso Aviso Externo de Privacidade.

Como aumentar a imunidade no inverno? Por que devemos nos preparar?

08/10/2021 como aumentar a imunidade no inverno

A maior incidência de doenças respiratórias nos meses mais frios e secos do ano faz com que muita gente se pergunte: como aumentar a imunidade no inverno? Será que isso é mesmo possível? Qual a real importância de se prevenir? 

De fato, temos algumas maneiras de fortalecer o sistema imunológico e diminuir não só a frequência, mas também a intensidade de doenças comuns, como a gripe e o resfriado. No entanto, é importante adotar esses hábitos muito antes para aproveitar os seus efeitos. 

O sistema imunológico é composto por órgãos, células e tecidos que atuam na detecção e combate de agentes invasores no organismo, como vírus e bactérias, por exemplo.  

De modo geral, ele é quem gerencia a resposta do corpo para evitar que patógenos se instalem no corpo, o que pode prejudicar nossas funções vitais. 

Esse combate é feito principalmente através dos anticorpos, que por meio da interação celular, se unem aos vírus e inutilizam seus efeitos, impedindo o avanço dos sintomas e das doenças em si. 

Para desempenhar o seu papel, o sistema imune, assim como qualquer outro do nosso corpo, precisa de nutrientes importantes e hábitos saudáveis a longo prazo, que estimulam o seu funcionamento adequado. 

Existem alguns cuidados que você pode tomar se estiver interessado em como aumentar a imunidade no inverno, mas é essencial que você não espere a queda das temperaturas para colocá-los em sua rotina. 

Não há estudos que mostram efeito imediato para a maioria dos hábitos saudáveis que iremos descrever. Ainda assim, adotá-los pode fortalecer o organismo a longo prazo, além de evitar a sobrecarga do mesmo no período onde a gripe sazonal é mais comum. 

Por que devemos fortalecer a imunidade para o inverno? 

Antes de mais nada, é importante entendermos porque fortalecer a imunidade no inverno é uma preocupação válida. Como sabemos, o clima mais frio e seco aumenta a incidência de gripes e resfriados, a chamada sazonalidade dessas doenças. 

Nessa época, é mais comum que as pessoas fiquem em ambientes fechados, o que facilita bastante o contágio. Da mesma forma, com as mucosas ressecadas na boca e narinas, estamos mais propensos a fissuras, que servem de entrada para o vírus da Influenza ou os patógenos que causam o resfriado comum. 

Acredita-se ainda que o clima frio influencia na sobrevida desses microorganismos, por isso, seria mais comum a incidência dessas doenças durante a estação do inverno e até mesmo no outono. 

Atualmente, com a pandemia da covid-19, saber como aumentar a imunidade no inverno pode evitar uma gripe, que pode acabar enfraquecendo o organismo ou dificultando um diagnóstico preciso, além de prevenir dessa doença mais grave. 

Quem sofre mais com a imunidade baixa no inverno? 

Também é importante destacar quais grupos acabam sofrendo mais no inverno, sendo mais suscetíveis à gripe, resfriados e demais doenças respiratórias nesse período. É o caso das pessoas que compõem o grupo de risco da gripe, que apresentam as seguintes características: 

  • crianças de 6 meses a 6 anos de idade; 
  • mulheres gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto); 
  • pessoas acima de 60 anos de idade; 
  • pessoas com comorbidades e condições clínicas especiais, como doenças crônicas e sob tratamento imunossupressor. 

De modo geral, esses grupos têm maiores chances de desenvolver sequelas graves em doenças como a gripe comum. Por esse motivo, elas são o alvo das campanhas anuais de vacinação. 

Como aumentar a imunidade no inverno? 6 dicas 

Assim como falamos anteriormente, não temos como comprovar a eficiência da maior parte dos métodos a seguir no curto prazo. Por isso, quanto antes você adquirir hábitos mais saudáveis para sua vida, melhor para desfrutar dos seus benefícios. 

Dito isso, vamos ver 6 dicas de como aumentar a imunidade no inverno e diminuir o risco de gripes e resfriados durante a estação mais fria do ano: 

1. Vacinação em dia 

A primeira dica é também a mais eficiente. Estar em dia com a vacinação é a maneira mais garantida de evitar as doenças sazonais. No caso da gripe, a vacina é a única forma eficaz de realmente não desenvolver a Influenza. 

Em geral, a campanha de vacinação contra a gripe ocorre nos meses de abril e maio, antes das temperaturas começarem a cair. É muito importante tomar a vacina todos os anos, já que elas são atualizadas para combater o tipo de gripe em alta a cada temporada. 

Tenha cuidado ainda se for vacinar contra a covid-19. Nesse caso, é recomendado dar prioridade para a imunização contra o coronavírus e esperar um período de 2 semanas antes de tomar a vacina da Influenza. 

2. Dietas saudáveis e balanceadas 

Para conseguir combater os patógenos que ameaçam nossa saúde, o sistema imune precisa de nutrientes. Por isso, uma dieta nutritiva é uma forma interessante de se fortalecer antes do inverno chegar. 

Em geral, recomenda-se alimentos ricos em vitaminas A, B, C, D e E, além de minerais como o zinco e o selênio. Veja alguns exemplos de fontes para esses nutrientes: 

Nutrientes Principais fontes 
Vitamina C laranja, limão, acerola, abacaxi, rúcula, agrião, espinafre e brócolis; 
Vitamina D óleo de fígado de bacalhau, ovos e cogumelos secos; 
Vitamina A cenoura, manga, couve, brócolis, espinafre, escarola, leite, gema de ovos, fígado bovino e peixes; 
Vitamina E avelãs, nozes, semente de girassol, amêndoas e azeite de oliva; 
Vitamina B melancia, manga, banana, frutos do mar, laticínios, castanhas, tofu, abacate, carnes, ovos e batatas; 
Zinco ostras, carnes vermelhas, feijão, lentilha e sementes de abóbora; 
Selênio castanhas, farinha de trigo, gema de ovos e água mineral. 

Além dos alimentos, é possível conseguir vitaminas para aumentar a imunidade ao consumir suplementos para suprir as necessidades que não se consegue atender somente com a dieta. 

3. Prática de atividades físicas 

A prática de atividades físicas mesmo que em quantidade e intensidade moderada, como uma simples caminhada de 30 minutos por dia, já é o bastante para fortalecer a nossa imunidade, estimulando o metabolismo a absorver melhor os nutrientes e incrementar nosso sistema de defesa. 

4. Tomar banhos de sol 

A vitamina D pode ser obtida através de alimentos e suplementos, mas ela também é produzida naturalmente pelo nosso organismo quando estamos expostos ao sol. Em geral, cerca de 20 minutos já bastam para conseguirmos a quantidade diária recomendada. 

5. Boas noites de sono 

O repouso é essencial para o corpo se recuperar e manter-se forte. Investir em uma rotina relaxante antes de dormir pode garantir as 8 horas diárias de sono que a nossa imunidade precisa para se manter em alto nível. 

6. Combate ao estresse 

O estresse não afeta apenas nossa rotina, ele também prejudica nossa imunidade. Por isso, ao sentir que os efeitos da rotina estão custando o seu bem-estar físico e mental, é importante procurar maneiras de relaxar. 

Práticas como meditação, ioga e atividades ao ar livre são ótimas para aliviar a pressão. Mesmo assim, não tenha receio de procurar atendimento profissional com um psicólogo para um tratamento mais adequado. 

Essas são as dicas que temos sobre como aumentar a imunidade no inverno, que podem e devem ser adotadas para a vida toda, a fim de aproveitar ao máximo os seus benefícios. Dessa forma, você investe na sua saúde e fortalece os seus mecanismos de defesas contra as doenças sazonais.

Referências Consultadas
Parkin J, Cohen B. An overview of the immune system. Lancet. 2001 Jun 2;357(9270):1777-89.

Alam R. A brief review of the immune system. Prim Care. 1998 Dec;25(4):727-38.

British Society for Immunology [Internet]. How to keep your immune system healthy over the winter and avoid colds. Disponível em <https://www.immunology.org/news/how-keep-your-immune-system-healthy-over-the-winter-and-avoid-colds>. Acesso em outubro /2021.

Cassa Macedo A, Oliveira Vilela de Faria A, Ghezzi P. Boosting the Immune System, From Science to Myth: Analysis the Infosphere With Google. Front Med (Lausanne). 2019 Jul 25;6:165.

World Health Organization. Influenza (Seasonal). 6 de novembro de 2018. Disponível em: <https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/influenza-(seasonal)>. Acesso em outubro/2021.

IQVIA. PMB. Agosto, 2021. Mapeamento do mercado de vitaminas.

Chegou Benegrip Imuno!

Imagem ilustrativa com embalagens dos produtos Benegrip Imuno Complex e Benegrip Imuno Energy. Em fundo verde, com o texto escrito

Mais nova linha de Benegrip, agora de suplementos de vitaminas e minerais escolhidos para fortalecer* seu sistema imunológico e reforçar** sua energia.

Benegrip Imuno Complex: O primeiro em cápsulas gelatinosas***, possui uma fórmula exclusiva*** que irá auxiliar na prevenção* e fortalecer* o seu sistema imunológico. Saiba mais!

Benegrip Imuno Energy: Comprimidos efervescentes com um complexo exclusivo*** de vitaminas e minerais escolhidos que irão contribuir com sua energia** e auxiliar no sistema imune. Saiba mais!

Benegrip Imuno Complex e Benegrip Imuno Energy são alimentos isentos de registro de acordo com a RDC 27/2010. *Referente ao Benegrip Imuno Complex que contém vitamina D, C, A e Zinco que auxiliam no funcionamento do sistema imune. **Referente ao Benegrip Imuno Energy que contém vitamina C e Zinco que auxiliam no metabolismo energético, e de proteínas, carboidratos e gorduras, respectivamente. ***IQVIA. PMB. Agosto, 2021. Mapeamento do mercado de vitaminas.