remédio para febre infantil

Os remédios para febre infantil são antitérmicos desenvolvidos especificamente para auxiliar o corpo a baixar a temperatura, diminuindo o desconforto e o risco associados ao sintoma. Além de terem o efeito desejado, esses medicamentos precisam ser seguros e adequados ao uso pediátrico, para não prejudicar o desenvolvimento infantil. 1

Neste contexto, é valido enfatizar que o organismo e o sistema imunológico das crianças são mais frágeis que os dos adultos, pois ainda estão em desenvolvimento. Por esse motivo, os pequenos costumam ficar doentes com mais frequência. Da mesma forma, alguns fármacos podem ser muito fortes e fazer mal à saúde dos mais jovens. 1

Neste post, vamos falar sobre a febre em crianças e o nível de perigo indicado pelo sintoma de acordo com a idade. A partir dessas informações, abordaremos os medicamentos que costumam ser indicados pelos pediatras para aliviar a pirexia, como também é conhecida. 1

Boa leitura!

O que pode causar a febre infantil?

Geralmente, a febre infantil é causada por infecções virais, como a gripe e o resfriado. Outras causas comuns são a gastroenterite, infecção viral do sistema digestivo, e certas infecções bacterianas, como a otite e a pneumonia. 1

Para determinar a causa da febre e fechar um diagnóstico, o médico pode avaliar a condição da criança e realizar exames. A idade é um fator muito importante nessa etapa, pois existem quadros mais comuns em cada faixa etária, o que facilita essa “investigação”. 1

Febre em crianças é um sintoma perigoso?

Para crianças saudáveis, o perigo da febre é muito baixo, pois ela ajuda a combater infecções. Porém, os pequenos que sofrem com problemas congênitos, como distúrbios pulmonares, cardíacos ou cerebrais podem desenvolver sequelas graves por conta da carga adicional trazida pelo aumento da temperatura corporal. 1

Nesses casos, alterações na frequência cardíaca, pressão arterial, circulação sanguínea e oxigenação do corpo podem sobrecarregar o organismo infantil e trazer riscos mais sérios. 1

Quanto mais jovem, mais frágil é a saúde da criança. Assim, a preocupação com os pequenos nos primeiros meses de vida deve ser maior. À medida que eles se desenvolvem e fortalecem, a atenção e o cuidado podem ser suavizados. 1

Febre em bebê de 3 meses ou menos

Para bebês de até um mês de idade, a febre é um motivo maior de alerta. Nessa faixa etária, o pediatra pode recomendar a internação preventiva, para realizar exames e monitorar a condição da criança. Entre um e três meses de vida, a medida pode não ser necessária, principalmente quando não há sinais de perigo, como aparência de doente, letargia ou choro incomum. 1

De qualquer modo, exames de sangue, urina e radiografias do tórax podem ser realizados para descobrir o que causa o quadro sintomático e qual o tratamento adequado. Em alguns casos, um remédio para febre infantil pode dar conta do recado. 1

Febre em crianças entre 3 meses e 3 anos

Entre três meses e três anos de idade, a febre infantil pode ser enfrentada com uma avaliação mais superficial. Quando não existem fatores de risco, como problemas congênitos ou temperatura muito elevada, o pediatra avalia a aparência e as queixas da criança para determinar a provável causa e iniciar o tratamento. 1

Em outros casos, se a febre ficar acima dos 39 ºC ou houver suspeita de infecção bacteriana, exames adicionais podem ser feitos para obter um diagnóstico mais preciso.  1

Esta medida é importante para evitar o uso inadequado de antibióticos na infância, o que pode prejudicar o desenvolvimento da imunidade e não ter efeito no combate a outros microrganismos causadores de doenças, além das bactérias. 1

Febre em crianças de 3 a 12 anos

A partir dos três anos de idade, é mais fácil conversar com a criança e descobrir o que ela está sentindo. Assim, pode não ser necessário realizar exames específicos para avaliar o quadro, pois ela é capaz de descrever os sintomas para o médico. 1

Apenas em condições específicas, quando o quadro indica a possibilidade de doenças mais graves ou não é possível determinar a causa do aumento da temperatura, é que devem ser feitos exames adicionais para diagnosticar o problema. 1

Sinais de perigo da febre infantil

Em geral, os sinais de perigo e motivos de alerta da febre infantil incluem 1:

  • a criança tem menos de três meses de idade;
  • febre muito alta, acima de 39 ºC;
  • febre com duração prolongada, por mais de cinco dias;
  • há diagnóstico de problemas congênitos de origem pulmonar, cardíaca ou cerebral;
  • dificuldade para respirar;
  • aparência doentia, como palidez, acúmulo de secreção e prostração;
  • letargia ou apatia, a criança não reage à interação;
  • choro persistente, sem conseguir consolar e acalmar a criança;
  • dor de cabeça, rigidez no pescoço e/ou confusão mental em crianças mais velhas, entre três e doze anos.

Para bebês de até três meses, a avaliação médica deve ser imediata, com ou sem outros sinais de perigo. Até os três anos, apenas temperaturas muito elevadas, sintomas persistentes ou ausência de indícios de infecções respiratórias mais leves podem necessitar atenção urgente. 1

Para crianças com mais de três anos, a recomendação é ficar atento aos sintomas e monitorar o quadro, de olho nos sinais de alerta. Porém, não é necessário se alarmar. 1

Em todo caso, o médico deve ser consultado para indicar o tratamento mais adequado e seguro para a criança. A escolha do remédio para febre infantil deve seguir a orientação do pediatra. 1

Remédio para febre infantil: qual escolher?

O remédio para febre infantil deve ser recomendado pelo médico da criança, que escolhe o composto adequado para a idade e o peso. Conhecidos como antitérmicos, esses medicamentos servem para controlar o aumento da temperatura, aliviar o sintoma e diminuir a carga no organismo, auxiliando na recuperação e combate à causa do problema. 1

Como baixar febre alta infantil rápido?

Para diminuir o desconforto das crianças com febre, você pode optar por colocar panos úmidos na testa, nos pulsos, nas axilas e nas panturrilhas dos pequenos. Além das compressas, um banho morno pode ajudar. Não se esqueça de oferecer líquidos para evitar o risco de desidratação e consultar o médico para definir o remédio para febre infantil mais indicado 1

Benegrip conta com antigripais específicos para uso pediátrico, confira:

  • Benegrip Multi: antigripal líquido, indicado para crianças a partir dos dois anos de idade, com ação analgésica, antialérgica, descongestionante e antitérmica;
  • Benegrip Multi Febre e Dor: antitérmico e analgésico em gotas com ação rápida e fórmula segura para aliviar dores e febre em crianças a partir dos seis meses de idade.

Conclusão: qual o melhor remédio para febre infantil?

Não há como afirmar qual o melhor remédio para febre infantil, pois cada criança pode reagir de forma específica aos tratamentos. Em geral, os fármacos mais usados são à base de dipirona, paracetamol ou ibuprofeno. 1

Para escolher o medicamento antitérmico com segurança, é importante consultar o médico pediatra, que pode realizar exames e avaliar a condição da criança, orientando sobre o melhor tratamento para cada caso. 1

A febre é um sintoma, não uma doença. Não é um motivo de preocupação imediata na maioria dos casos e o quadro pode até beneficiar a saúde, auxiliando no controle de infecções. Porém, vale a pena ficar atento aos fatores de risco e sinais de alerta, para proteger a saúde das crianças e diminuir o seu mal-estar. 1

Esperamos que tenha tirado suas dúvidas sobre os remédios para febre infantil e dor de cabeça. Para mais guias informativos e dicas de saúde, continue ligado no blog. Separamos alguns posts que podem lhe interessar, confira:

 

Sobre o autor

Benegrip

Benegrip possui tradição e confiança para cuidar de você e da sua família.

Benegrip® é recomendado para alívio dos sintomas das gripes e resfriados, como dor, febre, nariz entupido e coriza.

Conheça o autor

Encontre o Benegrip ideal para você

Embalagem do Benedesc Plus

Benedesc Plus

Descongestionante e antialérgico líquido feito especialmente para crianças acima de 2 anos

Encontre aqui Saiba mais
Imagem da embalagem de Benegrip.

Benegrip®

O poder dos dois comprimidos
Benegrip® combate de maneira eficaz os sintomas de gripes e resfriados.1

Encontre aqui Saiba mais
Imagem da embalagem de Benegrip® Multi Dia.

Benegrip® Multi Dia

Combate os sintomas de gripes e resfriados, com um potente* efeito analgésico e descongestionante, sem dar sono4.

Encontre aqui Saiba mais
Imagem da embalagem de Benegrip® Multi Noite.

Benegrip® Multi Noite

Combate os sintomas de gripes e resfriados com um potente* efeito analgésico, descongestionante e antialérgico, para ajudar a dormir melhor5.

Encontre aqui Saiba mais

Suplemento Alimentar

Embalagem do Benegrip® Imuno Energy

Benegrip® Imuno

Cuida da sua imunidade e energia para te ajudar na recuperação da gripe.

Encontre aqui Saiba mais