O que é muco

Não é dos assuntos mais agradáveis, mas hoje vamos falar sobre o que é o muco. Também conhecida como catarro, essa secreção é uma importante aliada do sistema imune.

Na maioria dos casos, o muco é notado com a tosse produtiva, em infecções do sistema respiratório, quando se torna mais espesso e acaba acumulando nas vias respiratórias, onde é produzido e cumpre suas principais funções.

Para entender melhor o tema e saber o que pode ser o muco na garganta, basta seguir com sua leitura!

O que é o muco?

Muco, conforme apontado, é uma secreção produzida no interior das narinas e na garganta, com uma aparência viscosa e fluida. Todos os dias, o corpo forma, absorve e elimina até dois litros de catarro, mesmo quando está tudo bem com a nossa saúde.

Por outro lado, quando estamos gripados ou com algum tipo de infecção respiratória, pode ser que essa secreção se torne mais espessa e acumulada. Isso acontece porque acaba ajudando a capturar microrganismos que podem contaminar o organismo, como vírus e bactérias.

No geral, o muco desempenha um papel crucial para a manutenção e proteção das mucosas do sistema respiratório. Engolir muco não faz mal à saúde, até pode ser que isso aconteça sem que perceba.

Vale apontar ainda que o muco é composto principalmente por água, complementada com compostos químicos, sais e outras proteínas liberadas pelo corpo. Em caso de infecções respiratórias, há presença de anticorpos e células de defesa em meio a essa secreção.

Para que serve o muco na garganta e no nariz?

Como foi falado, o muco é produzido nos tecidos que revestem a garganta e o interior das narinas, mas qual seu benefício para essas áreas do nosso corpo?

O que podemos afirmar é que ele participa ativamente dos mecanismos de defesa do sistema imunológico. Apesar de ser incômodo, é uma das reações do corpo humano quando percebe que está sendo ameaçado, assim como a febre e inflamações diversas.

No geral, podemos atribuir as seguintes funções ao muco:

  • ser um lubrificante natural para as mucosas, diminuindo a irritação causada pelo contato de corpos estranhos e partículas com o tecido respiratório;
  • atuar como uma camada de proteção essencial para proteger os seios nasais e a garganta, impedindo o contato direto de patógenos com as células respiratórias;
  • capturar e retém corpos estranhos e microrganismos invasores, impedindo que causem irritações ou infecções no organismo;
  • ajudar a transportar as células de defesa e os anticorpos essenciais para o combate a vírus e bactérias que provocam infecções no organismo.

O que é o excesso de muco na garganta?

O excesso de muco na garganta acontece quando ocorre o aumento da produção de catarro no organismo, quando ele se torna mais espesso ou quando o corpo tem dificuldade de eliminar ou absorver a secreção por ela estar muito espessa e pegajosa.

Nesses casos, que ficam mais graves quando as vias respiratórias estão inflamadas ou ressecadas, o catarro não flui para o estômago, onde é absorvido, ou é facilmente expectorado, por meio da tosse ou dos espirros.

Assim, ele acaba incomodando ou até obstruindo a passagem de ar, gerando mal-estar e contribuindo para o desconforto causado pela doença.

Também é válido apontar que a presença de muco preso na garganta pode incomodar o estômago e causar náuseas, sobretudo em infecções persistentes e crianças pequenas.

O que causa o muco na garganta?

Entendendo do que se trata, resta saber o que pode ser ou o que causa o muco na garganta em cada caso. No geral, o motivo para essa secreção se tornar tão perceptível e incômoda costuma variar bastante.

Entre elas, podemos citar fatores climáticos, como a queda de temperatura característica dos meses de outono e inverno, quando também há uma diminuição na umidade do ar e a incidência de doenças respiratórias aumenta.

Nesse caso, o clima seco e frio já é o bastante para alterar a consistência do muco, o que fica mais evidente quando ficamos doentes.

Outra causa comum é a presença de alérgenos no ar, como pólen, pelos de animais, poeira e outros. Esses fatores desencadeiam reações alérgicas e exigem que o organismo se proteja. O mesmo efeito tem a poluição ambiental, exposição a gases tóxicos, fumaça de cigarro e produtos químicos.

Por fim, temos o caso claro das infecções respiratórias, causadas por vírus, bactérias, fungos e outros patógenos. Entre elas, podemos citar gripes, resfriados, pneumonia, bronquite e a covid-19.

Sintomas do muco na garganta

A presença de muco na garganta não é o único sintoma que causa mal-estar nessas situações. Em muitos casos, é comum o quadro ser composto de diversas queixas, todas relacionadas ao sistema respiratório e o combate à infecções.

Entre os sintomas do muco na garganta, podemos citar:

  • congestão nasal, causada pela inflamação das mucosas nas narinas;
  • coriza, o catarro escorre pelo nariz;
  • tosse e espirros, mecanismos para estimular a expectoração;
  • dificuldade respiratória, causada por possíveis obstruções;
  • inflamação de garganta ou nos seios nasais.

De modo geral, o muco é reflexo de que o sistema respiratório está sob ataque. Além de servir de escudo para as mucosas, ele também captura patógenos, transporta defensores e elimina essas ameaças, diminuindo sua concentração no organismo.

Agora que você já sabe o que é muco, deve estar se perguntando sobre seus diferentes tipos, certo? Confira-os a seguir.

Tipos de muco: o que a cor do catarro significa?

As proteínas que existem no catarro são produzidas pela presença de células de defesa e anticorpos, que compõem essa secreção para promover o combate à patógenos pelo sistema imune.

De acordo com a variedade do microrganismo, também mudam as células de defesa e proteínas residuais, o que pode alterar o tipo de muco e a coloração que ele apresenta. Na prática, a cor do catarro serve para indicar o que está causando o sintoma.

Mesmo que não seja o bastante para fechar o diagnóstico, pode ajudar o médico a encontrar qual o tratamento ideal para cada caso. Entenda o que significa as cores de cada tipo de muco:

Muco opaco, branco ou transparente

Essa variação é a mais comum, presente em alergias e infecções virais do sistema respiratório, entre outras causas para o catarro. O que diferencia do padrão normal para quando se está saudável é o maior volume e a consistência quase gelatinosa do muco na garganta.

Muco esverdeado ou amarelado

Nessas tonalidades, é comum que a causa seja bacteriana, já que a cor verde é característica de proteínas produzidas por certos tipos de células de defesa específicas para combater bactérias no organismo.

Nos casos de gripe e resfriado, que são infecções virais, o catarro esverdeado pode sinalizar que existem bactérias oportunistas tentando aproveitar o enfraquecimento da saúde para se multiplicar.

Muco em tons escuros, como marrom ou preto

Bastante incomum, indica inflamação acompanhada da inalação de fumaça proveniente do cigarro ou da poluição ambiental. Essa tonalidade ocorre por conta de partículas carbonizadas e outras substâncias nocivas.

O tabagismo é a causa mais comum para esse problema, ao mesmo tempo que deixa as mucosas respiratórias ressecadas, irritadas e mais propensas a desenvolver tipos de câncer e inflamações crônicas.

Muco rosa

Quando a cor do catarro puxa para o rosa, pode significar que há acúmulo de líquido ou sangue ao redor dos pulmões, comum em problemas cardíacos. Nesse caso, recomenda-se procurar atendimento com urgência, se possível com especialistas em pneumologia e cardiologia.

Muco com sangue

A presença de sangue no muco é sinal de alerta vermelho, sendo recomendado procurar atendimento médico com urgência, já que indica sangramento nas vias respiratórias, comum em problemas mais graves.

Casos como esse são extremamente preocupantes e podem ser fatais, como em formas bastante agressivas de pneumonia, por exemplo.

Como tirar o muco da garganta?

Chegou a hora de conferir como tirar muco na garganta e se livrar desse incômodo, para isso, separamos cinco dicas especiais e muito práticas. Confira:

1. Beba bastante líquidos

Aumentar a ingestão de líquidos, principalmente água, é importante para estimular o muco a se tornar mais líquido, além de ajudar o organismo a formar essa secreção, ao mesmo tempo que reduz o risco de desidratação.

2. Faça gargarejo com água e sal

O gargarejo com água morna e sal é bastante útil para reduzir o desconforto, além de ajudar a matar microrganismos que possam estar alojados no catarro. Também é possível que esse processo ajude a controlar a inflamação.

3. Assoe o nariz com lenços umedecidos

Boa parte do muco na garganta é, na verdade, produzido pelos seios paranasais. Por conta disso, assoar o nariz com lenços pode eliminar o excesso e diminuir o desconforto geral.

4. Faça inalação com nebulizadores

De modo geral, o uso de nebulizadores para inalação pode ser combinado à medicação para fluidificar o catarro, assim, auxilia a eliminar o excesso de muco na garganta e demais áreas do sistema respiratório.

5. Deixe a cabeça elevada em relação ao corpo

Manter a cabeça elevada em relação ao restante do corpo é importante para que a gravidade ajude na absorção do muco das vias respiratórias. Principalmente ao dormir, com o corpo na horizontal, a secreção pode ficar acumulada e provocar tosse, espirros, dificuldade respiratória e muito desconforto.

Xarope para muco na garganta: qual o mais indicado?

Xaropes para muco na garganta são medicamentos bastante comuns, mas devem ser usados com bastante cuidado. Eles costumam ter ação expectorante, que ajuda a tornar o catarro mais fluido, num líquido mais fácil de ser absorvido ou expectorado.

Para saber qual medicamento é o ideal para o seu caso, é essencial procurar atendimento médico, principalmente no caso de xaropes expectorantes.

E assim vamos finalizar esse post, um guia completo sobre o que é muco, quais suas possíveis causas e como tratar esse incômodo. Fique atento também a sintomas persistentes ou que se mantêm recorrentes.

Por fim, também é importante tomar cuidados para tratar os demais sintomas, principalmente febre, dores no corpo e insuficiência respiratória, que são os maiores motivos de preocupação para quem está sofrendo com uma infecção.

Para mais dicas sobre saúde, bem-estar e tratamentos preventivos, continue acompanhando o Portal da Saúde. Até mais!

Imagem ilustrativa com embalagens de todos os produtos Benegrip

Sobre o autor

Benegrip

Benegrip possui tradição e confiança para cuidar de você e da sua família.

Benegrip® é recomendado para alívio dos sintomas das gripes e resfriados, como dor, febre, nariz entupido e coriza.

Conheça o autor

Rubin BK. The role of mucus in cough research. Lung. 2010 Jan;188 Suppl 1:S69-72. doi: 10.1007/s00408-009-9198-7. PMID: 19936981. Acesso em dezembro/2022.


Fahy JV, Dickey BF. Airway mucus function and dysfunction. N Engl J Med. 2010 Dec 2;363(23):2233-47. doi: 10.1056/NEJMra0910061. PMID: 21121836; PMCID: PMC4048736. Acesso em dezembro/2022.


Rubin BK. Aerosol Medications for Treatment of Mucus Clearance Disorders. Respir Care. 2015 Jun;60(6):825-9; discussion 830-32. doi: 10.4187/respcare.04087. PMID: 26070577. Acesso em dezembro/2022.


Samarghandian S, Farkhondeh T, Samini F. Honey and Health: A Review of Recent Clinical Research. Pharmacognosy Res. 2017 Apr-Jun;9(2):121-127. doi: 10.4103/0974-8490.204647. PMID: 28539734; PMCID: PMC5424551. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5424551/. Acesso em dezembro/2022.


Cleveland Clinic [Internet]. Phlegm and Mucus: How To Get Rid of It. Disponível em: https://health.clevelandclinic.org/mucus-and-phlegm-what-to-do-if-you-have-too-much/. Acesso em dezembro/2022.


Rubin BK. The role of mucus in cough research. Lung. 2010 Jan;188 Suppl 1:S69-72. doi: 10.1007/s00408-009-9198-7. PMID: 19936981. Acesso em dezembro/2022.


Rubin BK. Aerosol Medications for Treatment of Mucus Clearance Disorders. Respir Care. 2015 Jun;60(6):825-9; discussion 830-32. doi: 10.4187/respcare.04087. PMID: 26070577. Acesso em dezembro/2022.


Cleveland Clinic [Internet]. What the Color of Your Snot Really Means. 14 de janeiro de 2021. Disponível em: https://health.clevelandclinic.org/what-the-color-of-your-snot-really-means/. Acesso em dezembro/2022.


Manual MSD [Internet]. Tosse em adultos. Disponível em: https://www.msdmanuals.com/pt-br/casa/dist%C3%BArbios-pulmonares-e-das-vias-respirat%C3%B3rias/sintomas-de-dist%C3%BArbios-pulmonares/tosse-em-adultos. Acesso em dezembro/2022.


MD Saúde [Internet]. Tosse (seca, irritativa, catarrenta, com sangue). Disponível em: https://www.mdsaude.com/pneumologia/tosse/. Acesso em dezembro/2022.


Encontre o Benegrip ideal para você

Embalagem do Benedesc Plus

Benedesc Plus

Descongestionante e antialérgico líquido feito especialmente para crianças acima de 2 anos

Encontre aqui Saiba mais
Imagem da embalagem de Benegrip.

Benegrip®

O poder dos dois comprimidos
Benegrip® combate de maneira eficaz os sintomas de gripes e resfriados.1

Encontre aqui Saiba mais
Imagem da embalagem de Benegrip® Multi Dia.

Benegrip® Multi Dia

Combate os sintomas de gripes e resfriados, com um potente* efeito analgésico e descongestionante, sem dar sono4.

Encontre aqui Saiba mais
Imagem da embalagem de Benegrip® Multi Noite.

Benegrip® Multi Noite

Combate os sintomas de gripes e resfriados com um potente* efeito analgésico, descongestionante e antialérgico, para ajudar a dormir melhor5.

Encontre aqui Saiba mais

Suplemento Alimentar

Embalagem do Benegrip® Imuno Energy

Benegrip® Imuno

Cuida da sua imunidade e energia para te ajudar na recuperação da gripe.

Encontre aqui Saiba mais