Sinusite da tosse

A sinusite é a inflamação dos seios nasais, como resultado de reações alérgicas, infecções virais ou bacterianas. De modo geral, os sintomas afetam a região ao redor do nariz e rosto, mas também pode acontecer do problema se estender para áreas próximas, afetando também a garganta.

Quando isso acontece, a sinusite dá tosse, principalmente no período da noite. Normalmente, isso não está ligado a um processo inflamatório em si, ocorrendo por conta do gotejamento pós-nasal. Quer entender melhor o que isso significa, por que acontece e como tratar? Então continue lendo!

O que é a sinusite?

Antes de explicar porque a sinusite dá tosse, vamos entender melhor esse problema. A sinusite é uma inflamação que atinge os seios paranasais, que ficam na parte posterior das narinas e se ligam na faringe, próximo à garganta.

Ela pode ser causada por vírus, bactérias ou alergias, sendo um sintoma ou até uma complicação comum de gripes e resfriados, além de ocorrer de maneira isolada.

A sinusite pode ser aguda, que na maioria das vezes é viral e curada em até 30 dias, ou então é crônica, quando se estende por mais de 90 dias ou acontece de maneira recorrente.

Esse tipo de inflamação crônica é comumente causada por alergias e fatores ambientais, mas também acontece por infecções por bactérias, que costumam ser mais fortes.

Principais sintomas de sinusite

Os sintomas da sinusite costumam ser os mesmos em casos agudos e crônicos. Entre as queixas mais comuns de pessoas com essa inflamação, temos:

  • excesso de muco nasal, purulento e tom verde ou amarelo;
  • dor de cabeça;
  • dor e pressão no rosto, principalmente no maxilar e maçãs do rosto;
  • nariz entupido;
  • olfato reduzido;
  • mau hálito;
  • tosse seca ou produtiva, principalmente à noite.

Por que a sinusite dá tosse?

Mas, afinal de contas, se ela afeta os seios nasais, como a sinusite dá tosse? A resposta pode estar no chamado gotejamento pós-nasal, que acontece quando o catarro em excesso escorre pelo duto nasal na parte posterior da garganta, próximo a faringe.

Quando estamos com uma inflamação como a sinusite, principalmente se estiver ligada a um processo infeccioso, é comum acontecer um aumento na produção de secreções nas vias respiratórias, para prender microrganismos que causam doenças, limpar a mucosa e levar células de defesa ao local.

Em alguns casos, mesmo com a coriza, quando o corrimento nasal sai pelas narinas, pode ser que essa secreção chegue até a garganta e fique acumulada, causando certo desconforto. Para lidar com o problema e eliminar o catarro, temos o reflexo de tossir.

Esse problema costuma piorar durante a noite, quando vamos deitar. Com o corpo na horizontal, o catarro espesso não consegue escorrer normalmente para ser absorvido pelo trato digestivo e acaba se acumulando, provocando crises de tosse.

Além da tosse produtiva, a sinusite dá tosse seca também, nesse caso, o mais comum é que a inflamação atinja regiões próximas ou então seja causada por uma alergia, que é caracterizada pela irritação dos tecidos respiratórios.

Quanto tempo dura a tosse da sinusite?

Conforme mencionado, o mais comum é a sinusite dar tosse durante a noite. Ao longo do dia, a posição vertical ajuda a evitar que a secreção fique alojada na garganta, provocando o reflexo involuntário.

Em relação à quanto tempo dura a tosse da sinusite, é possível notar esse sintoma até o final da inflamação, que pode persistir por até 30 ou 90 dias.

Como aliviar a tosse da sinusite?

De modo geral, para aliviar a tosse da sinusite, é recomendado tratar a causa da inflamação e tentar retirar o excesso de secreção acumulada nos seios nasais. Esses cuidados servem tanto para diminuir a pressão no rosto e reduzir a dor quanto ajudar a parar de tossir.

Veja como aliviar a tosse da sinusite, junto dos seus principais sintomas:

1. Inalação de vapor

A drenagem do catarro é importante para ajudar o organismo a eliminar a secreção, junto dos vírus e bactérias que podem estar causando a inflamação. Para diluir o muco e facilitar sua remoção, a inalação de vapor é uma alternativa interessante.

Dessa forma, a pessoa com sinusite pode tomar banhos mornos, colocar uma toalha aquecida e úmida sob o nariz ou então utilizar um aparelho nebulizador. O uso de umidificadores de ambiente também é indicado para reduzir o incômodo e ressecamento das vias respiratórias.

2. Alimentos e bebidas quentes

Preferir alimentos e bebidas quentes pode facilitar a remoção do catarro e aliviar a tosse da sinusite, assim como os demais sintomas da doença. Além de servirem para inalação de vapores, a temperatura morna ajuda a diluir o muco e reduzir o desconforto causado pela inflamação.

3. Ingestão de líquidos

Aumentar a ingestão de líquidos, principalmente água, é importante para qualquer problema respiratório. Na sinusite com tosse não é diferente. Beber bastante água pode manter as mucosas limpas e hidratadas, evitando que elas fiquem ainda mais irritadas e sensíveis.

Esse é um método bastante recomendado quando pesquisamos como aliviar a tosse seca da sinusite alérgica.

4. Lavagem nasal

Eliminar o excesso de catarro assoando o nariz ou fazendo a lavagem nasal com soro fisiológico é uma forma eficiente de aliviar a tosse da sinusite, pois evita que aconteça o gotejamento.

5. Sprays nasais

Os medicamentos para sinusite podem ser encontrados em sprays nasais, que podem servir para eliminar a secreção ou reduzir o inchaço, dependendo da sua composição. Eles também podem atuar para aliviar a dor.

O tratamento da sinusite também pode incluir o uso de antibióticos, no caso de infecções bacterianas, ou analgésicos, para aliviar a dor em infecções virais. Você também pode utilizar um medicamento antigripal com efeito descongestionante para ajudar no alívio da obstrução nasal.

Para ter certeza sobre o diagnóstico e tratamento adequado para cada situação, é recomendado procurar um médico otorrinolaringologista.

E assim vamos finalizar esse post. Nele, podemos perceber que a sinusite dá tosse em alguns casos, sintoma que pode piorar a noite e persistir por toda a duração da inflamação. Para aliviar o desconforto e controlar crises de tosse, as dicas incluem lavagem nasal, inalação de vapor e uso de medicamentos adequados.

Para mais dicas de saúde e bem-estar, confira outros conteúdos no blog Portal da Saúde.

Imagem ilustrativa com embalagens do produto Benetosse

Encontre o Benegrip ideal para você

Imagem da embalagem de Benegrip.

Benegrip®

O poder dos dois comprimidos
Benegrip® combate de maneira eficaz os sintomas de gripes e resfriados.1

Encontre aqui Saiba mais
Imagem da embalagem de Benegrip® Multi Dia.

Benegrip® Multi Dia

Combate os sintomas de gripes e resfriados, com um potente* efeito analgésico e descongestionante, sem dar sono4.

Encontre aqui Saiba mais
Imagem da embalagem de Benegrip® Multi Noite.

Benegrip® Multi Noite

Combate os sintomas de gripes e resfriados com um potente* efeito analgésico, descongestionante e antialérgico, para ajudar a dormir melhor5.

Encontre aqui Saiba mais

Suplemento Alimentar

Embalagem do Benegrip® Imuno Energy

Benegrip® Imuno

Cuida da sua imunidade e energia para te ajudar na recuperação da gripe.

Encontre aqui Saiba mais