O nosso website utiliza cookies para lhe identificar e aprimorar a sua experiência de navegação.
Alguns cookies são necessários, outros são utilitários, analíticos ou de marketing. Ao continuar navegando, você concorda com os termos da nossa Política de Cookies.

Prevenção do resfriado: 7 dicas para se proteger

19/05/2021 prevenção do resfriado

O resfriado é uma infecção viral das vias aéreas superiores, ou seja, da parte que envolve o nariz, seios nasais, faringe e laringe. A prevenção do resfriado é difícil, uma vez que essa doença comum pode ser causada por mais de 200 patógenos diferentes.

Apesar da baixa intensidade dos sintomas e risco de complicações, é interessante buscar modos de como não pegar um resfriado, já que ele pode provocar um desconforto considerável, especialmente se for frequente, além de prejudicar o sistema imunológico e sua eficiência no combate à doenças mais graves.

Veja como se proteger de resfriados, adquirindo hábitos que combatem infecções e fortalecem a imunidade.

O que é o resfriado e qual sua diferença para a gripe?

Antes de mais nada, vamos esclarecer o que é o resfriado. Muitos acreditam que o resfriado é uma variação da gripe, porém se tratam de doenças diferentes. Como falamos na introdução, o resfriado comum é causado por diferentes vírus, como o Rinovírus e o Parainfluenza, enquanto a gripe e suas variações são causadas pelo vírus da Influenza.

Outro fator que difere gripes e resfriados está na ocorrência de febres. No resfriado, a febre raramente acontece, exceto nas crianças. Em adultos, quando ela ocorre, raramente atinge ou ultrapassa os 38ºC.

Para se ter uma ideia, na gripe a febre acima dos 38ºC é muito comum e costuma ser um dos primeiros sintomas apresentados. Quanto aos outros sintomas, como dores no corpo, indisposição, coriza e dor de cabeça, a intensidade de cada um é menor num quadro de resfriado.

A variedade de patógenos causadores é o que dificulta a prevenção do resfriado. A gripe, além da adoção dos hábitos para fortalecer a imunidade, que falaremos a seguir, conta com a vacina como método preventivo, o que não ocorre no caso dos resfriados.

Veja ainda: Como tratar corretamente gripes e resfriados?

Resfriados frequentes são um sinal de imunidade baixa

Em geral, quando uma pessoa se vê resfriada com frequência, ao longo do ano, isso geralmente é sinal que os hábitos de higiene podem ser melhorados, sobretudo ao sair e voltar para casa. Além disso, o fator  para resfriados frequentes pode ser baixa imunidade.

O sistema imunológico pode funcionar não só quando uma infecção se inicia, ele também deve agir para eliminar vírus, bactérias e outros microorganismos antes mesmo deles provocarem uma doença.

Dessa forma, quando a imunidade não está em pleno funcionamento, o corpo se adoece com frequência, pois falta a barreira inicial de combate aos causadores das doenças.

Veja a seguir como se proteger contra gripes, resfriados e outras doenças ao adotar hábitos mais saudáveis para o seu dia-a-dia!

Prevenção do resfriado: 7 dicas de como se proteger

Como falamos anteriormente, a prevenção de resfriados, assim como outras doenças, vem através de hábitos mais saudáveis e conscientes para nossa rotina, que envolvem cuidados com nossa higiene, alimentação, descanso e atividades físicas.

Confira 7 dicas simples de prevenção ao resfriado e outras doenças:

Beba bastante água

A primeira dica é extremamente simples e, ainda assim, é ignorada por muita gente. Beber ao menos 2 litros de água por dia traz, entre outros benefícios, um excelente reforço para o sistema imunológico das pessoas.

Em primeiro lugar, a água é essencial para todas as funções orgânicas, inclusive a produção de células como linfócitos e leucócitos, que atuam diretamente no combate a invasores do organismo. Além disso, a ingestão de líquidos promove a limpeza do organismo, facilitando a eliminação de toxinas, e mantém as mucosas hidratadas e prontas para filtrar os germes do ar.

Busque dormir ao menos 8 horas por dia

Resolvemos trazer a importância de uma noite de sono antes de outras dicas, uma vez que para aproveitar ao máximo os benefícios de uma dieta balanceada e atividades físicas regulares, é essencial descansar e dormir bem, ao menos 8 horas por dia.

Durante o sono, o corpo tem a chance de se recuperar do que esteve exposto durante o dia, principalmente recuperando os níveis de células imunes no organismo, além de permitir que a musculatura se recupere de um exercício e que nutrientes ingeridos sejam devidamente assimilados.

Tenha uma alimentação nutritiva e balanceada

Uma alimentação rica em nutrientes é imprescindível para o bem-estar e para a prevenção de resfriados. Através dela, o sistema imunológico retira o combustível para fortalecer as defesas do corpo e pode diminuir a incidência de doenças, bem como a gravidade das que ocorrerem.

Por exemplo podemos citar o consumo da vitamina C, que tem propriedades antioxidantes, ajuda na absorção de ferro, contribui para a síntese de colágeno e ainda fortalece a capacidade do sistema imune de eliminar microorganismos. Para obter vitamina C, frutas cítricas como a acerola, morango, laranja, limão e abacaxi, são ótimas opções.

Outro nutriente benéfico para o sistema imunológico é o zinco, que não só é capaz de prevenir resfriados e encurtar sua duração, como também combate doenças cardíacas e aumenta a saúde dos olhos.

Para obter uma dose saudável de zinco, podemos consumir carnes, ovos, cogumelos e legumes diversos, como grão-de-bico, sementes de abóbora, soja, lentilhas e outros.

Outros nutrientes importantes para o sistema imunológico são:

  • Vitamina A: é um antioxidante natural, além de fazer parte da formação de vários tecidos corporais. Pode ser adquirida através da pimenta vermelha, fígado de boi, gema de ovos, cenoura, couve, manga e muitos outros;
  • Vitamina E: fortalece a ação dos glóbulos brancos e combate o envelhecimento precoce, pode ser encontrada em alimentos como azeite de oliva, ovos, nozes e vegetais de folhagem verde escura;
  • Selênio: esse importante mineral combina ação antioxidante e anti-inflamatória. Pode ser ingerido através de carnes de boi, frango e peixe, além de castanhas e pães integrais.

Pratique atividades físicas com frequência

Atividades físicas são a forma ideal de reduzir o estresse e promover a vitalidade. Exercícios estimulam o funcionamento do sistema imunológico, auxiliam a absorção de nutrientes, promovem melhor qualidade de sono e ainda estimulam a produção de serotonina, o hormônio do bem-estar.

Informe-se sobre a necessidade de suplementos

Idealmente, todas as nossas necessidades nutritivas devem ser adquiridas através da alimentação, atividades físicas e banho de sol, no entanto, com a rotina acelerada que é comum da vida moderna, nem sempre isso é possível.

Nesse caso, temos a opção dos suplementos nutricionais, que podem fornecer nutrientes específicos para a prática de atividades físicas ou mesmo para complementar a dieta e preencher os níveis diários de vitaminas e minerais.

No entanto, cabe aqui uma ressalva. Excesso de nutrientes também pode ser prejudicial ou sequer são absorvidos pelo organismo, ou seja, podem trazer riscos para a saúde ou simplesmente fazer você perder dinheiro com um suplemento que não é assimilado.

Por isso, procurar orientação médica antes de iniciar a suplementação nutritiva é essencial.

Adote hábitos de higiene para a rotina

A prevenção de resfriados também está ligada a hábitos de higiene que empregamos em nossa rotina, especialmente quando estamos em um local público.

Os vírus causadores de resfriados sobrevivem em superfícies e no ar, por isso, lavar as mãos com frequência e evitar tocar o rosto é tão importante.

Quando usamos o transporte público, tocamos em maçanetas ou pegamos um produto no mercado, estamos nos expondo a uma infinidade de vírus e bactérias.

Em virtude da covid-19, pegamos o hábito de lavar as compras quando voltamos do mercado, mas a verdade é que o mesmo também vale para se proteger de gripes e resfriados.

Evite a transmissão para as pessoas e o ambiente

Para finalizar nossas dicas de prevenção do resfriado, é interessante relembrar que evitar a transmissão também é importante. Isso é relevante porque diminui a taxa de sobrevivência do vírus ao liberá-lo no ambiente.

Cobrir o rosto com toalhas descartáveis ou com a parte interna dos cotovelos ao espirrar, bem como os já mencionados hábitos de higiene do tópico anterior, são boas formas de evitar a transmissão para outras pessoas por combater a contaminação ambiental.

Conheça Benegrip Multi Dia & Noite!

Fórmulas pensadas para os diferentes sintomas do dia e da noite. Quer um antigripal que não dá sono pra você enfrentar sua rotina? E outro pra te ajudar a dormir bem sem o incômodo dos sintomas da gripe?

Benegrip Multi Dia & Noite! Composição com forte* poder analgésico e descongestionante.

Benegrip Multi Dia te ajuda a ter dias ativos! Com Paracetamol, que ajuda a combater a dor de cabeça, dores no corpo e febre. E a Fenilefrina, um descongestionante nasal que alivia o nariz entupido.

Benegrip Multi Noite é para noites bem dormidas, e também tem Paracetamol e Fenilefrina, que atuam contra a dor de cabeça, dores no corpo, febre, nariz entupido. Além disso, conta com a Carbinoxamina, um antialérgico que atua nos processos que envolvem as vias aéreas superiores, diminuindo a coriza e ajudando a dormir melhor.

CONHEÇA MAIS A LINHA DIA & NOITE!

Referências Consultadas:

Arrol, B; Michael Allan, G. “Prevention and treatment of the common cold: making sense of the evidence”. National Center for Biotechnology Information. 18 de fevereiro de 2014. Disponível em <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3928210/>. Acesso em fevereiro/2021.

Maeda, A. “Can not touching the nose or eyes help cold prevention? Possibility of application using a smartwatch and self-checking.” BVS – Biblioteca Virtual em Saúde. 27 de Agosto de 2020. Disponível em <https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/mdl-33019274>. Acesso em fevereiro/2021.

BVS – Biblioteca Virtual em Saúde. “Deficiência de vitamina A”. Dezembro de 2004. Disponível em <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/dicas/70vitamina_a.html>. Acesso em fevereiro/2021.

UNIMED. “Entenda a importância da vitamina C”. 19 de outubro de 2018. Disponível em <https://www.unimed.coop.br/web/rioclaro/viver-bem/alimentacao/entenda-a-importancia-da-vitamina-c>. Acesso em fevereiro/2021.

Benegrip [Internet]. Bula do produto Benegrip. Disponível em <https://www.benegrip.com.br/bula.php>. Acesso em abril/2021.

Benegrip [Internet]. Bula do produto Benegrip Multi. Disponível em <https://www.benegrip.com.br/bula-benegrip-multi.php>. Acesso em abril/2021.

Benegrip [Internet]. Bula do produto Benegrip Multi Dia. Disponível em <https://www.benegrip.com.br/bula-benegrip-dia.php>. Acesso em abril/2021.

Benegrip [Internet]. Bula do produto Benegrip Multi Noite. Disponível em <https://www.benegrip.com.br/bula-benegrip-noite.php>. Acesso em abril/2021.

posts relacionados