Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Para mais informações, acesse o nosso Aviso Externo de Privacidade.

Dicas de como baixar febre alta: saiba o que fazer

16/02/2022 Como baixar febre alta

A febre alta é um sintoma comum para muitas doenças e alterações em nosso organismo. Se trata de uma das respostas do sistema imunológico, que altera o limiar térmico no hipotálamo para conservar o calor corporal e combater infecções e outros ataques ao nosso corpo. 

Apesar de sua importância, ela é capaz de causar um grande desconforto para a pessoa doente e, quando ocorre por longos períodos sem ceder, pode provocar situações de maior risco, como quadros de desidratação, convulsões e similares. 

Por conta disso, vamos explicar o que é a febre, quais os tipos e características mais importantes para ter um diagnóstico preciso e como baixar a febre alta, contando com medicamentos antitérmicos e dicas caseiras que podem auxiliar no tratamento desse sintoma. Continue lendo e saiba mais! 

O que é a febre? 

A febre consiste no aumento da temperatura corporal de forma anormal, ficando acima dos 37,5 ºC quando medida com o termômetro na axila, 37,8 ºC com a medição via oral e 38 ºC quando medida por termômetro retal. 

De modo geral, a febre não consiste em uma doença ou mal, trata-se de um sintoma de que algo não está certo no organismo, como a presença de agentes infecciosos, processos inflamatórios ou infecções de qualquer natureza. 

Ao detectar a presença de patógenos ou doenças, o sistema imunológico altera o metabolismo que afeta o hipotálamo, região do cérebro que regula a temperatura do corpo. Nosso organismo passa a trabalhar para produzir e manter o calor. 

Com o aumento da temperatura, a ideia é impedir que microrganismos tenham um ambiente propício para sua proliferação, além de facilitar o transporte de células de defesa para as regiões afetadas. 

Características da febre 

Considerando a febre como o sintoma de uma doença ou anomalia no organismo, é recomendável ficar atento à suas principais características para facilitar o diagnóstico do que está causando essa reação no corpo, para então seguir com o tratamento adequado. 

Nesse caso, é relevante ficar atento aos seguintes fatores: 

  • Como a febre iniciou? 
  • Qual a intensidade da febre? 
  • Quanto tempo a febre dura? 
  • Como a febre está evoluindo? 

A febre pode começar repentinamente ou iniciar em um estado febril e aumentar gradualmente. Em doenças infecciosas, como a gripe, é comum que este seja um dos primeiros sintomas, que surge de repente e derruba o paciente, diferente do que ocorre em processos inflamatórios, onde é comum o aumento gradativo da temperatura. 

Quanto a intensidade, considera-se a seguinte tabela: 

Temperatura Intensidade 
Até 37,8 ºC Estado febril ou febrícula 
De 37,8 a 38,5 ºC Febre leve a moderada 
Acima de 38,6 ºC Febre alta 

Podemos ver assim qual a temperatura da febre alta, que fica acima dos 38,6 ºC. Vale destacar que em valores contínuos acima de 39 ou 40 ºC, o risco é considerado elevado e recomenda-se a procura por atendimento médico de urgência para avaliar o quadro. 

Acerca da duração, considera-se principalmente a febre curta, por até sete dias, ou prolongada, em períodos superiores a uma semana. Por fim, acompanha-se a evolução do quadro de febre, checando a variação da temperatura ao longo do dia. Em geral, a medição deve ser feita de duas a quatro vezes por dia. 

O tratamento da febre consiste em agir na sua origem, por isso, antes de pensar em como baixar a febre alta, é interessante avaliar essas características, informá-las ao médico e assim obter um diagnóstico adequado para o paciente. 

Como baixar febre alta? 

Depois de acompanhar o quadro e identificar o diagnóstico, o próximo passo é iniciar o tratamento adequado. Para infecções de baixa gravidade, como gripes e resfriados, remédios para aliviar os sintomas, hidratação e repouso são as principais indicações. 

Para doenças mais severas ou inflamações localizadas, pode ser necessário o uso de medicação específica. Além disso, o perfil do paciente influencia no que pode ou não ser recomendado. 

Vejamos então como baixar a febre alta, separando as sugestões em duas categorias principais: 

  • Remédios para febre alta; 
  • Tratamentos caseiros para controlar febre alta. 

Remédios para controlar febre alta 

Quanto a medicação, deve-se procurar aqueles como ação antitérmica, também chamados de antipiréticos. Eles atuam no hipotálamo para inibir os receptores e diminuir os estímulos que levam a contenção de calor corporal. 

Além disso, as mesmas reações que causam a febre também podem provocar outros sintomas, como dor de cabeça ou no corpo. Por isso, é comum que remédios para baixar febre alta também apresentem ação analgésica, para aliviar a dor. 

Quando está procurando como baixar a febre alta em idosos, é recomendado o cuidado para pacientes com hipertensão, problemas cardíacos e que tomam remédios regulares para comorbidades, uma vez que a interação medicamentosa ou condições do paciente podem causar reações adversas com certos princípios ativos. 

Dicas caseiras para baixar febre alta 

Além dos antipiréticos, também temos diversas alternativas de tratamentos caseiro que você pode fazer para controlar a temperatura corporal. De modo geral, as nossas dicas para baixar a febre alta são: 

  • Use roupas leves e folgadas; 
  • Fique em locais bem arejados; 
  • Coloque uma toalha umedecida sobre a testa e pulsos; 
  • Tome banho com água morna; 
  • Beba bastante água e líquidos em geral. 

É importante ficar protegido de correntes de ar e não se expor a banhos frios ou quentes, já que choques térmicos tendem a aumentar o desconforto durante a febre alta e piorar calafrios. No entanto, manter o ambiente fresco e aliviar a sensação de calor são boas ideias para baixar a temperatura do corpo. 

A ingestão de líquidos ajuda muito, pois evita a desidratação, ajuda o corpo a combater a doença que provoca a febre e pode provocar o suor, que tem exatamente essa função. Ainda seguindo o que foi dito, apenas tome o cuidado de trocar as roupas úmidas pelo suor para evitar choques térmicos. 

Viu só como é possível baixar a febre alta? O importante é diagnosticar a causa para esse sintoma e tratá-la corretamente. A partir daí, repouso, nutrição e muita hidratação são as recomendações mais seguras. 

Referências Consultadas
El-Radhi AS. Fever management: Evidence vs current practice. World J Clin Pediatr. 2012 Dec 8;1(4):29-33. doi: 10.5409/wjcp.v1.i4.29. PMID: 25254165; PMCID: PMC4145646.

Sanar [Internet]. “Febre: Definição, fisiopatologia, sinais, sintomas relacionados e mais!”. Novembro de 2018. Disponível em <https://www.sanarmed.com/febre-um-sinal-de-alerta>. Acesso em novembro/2021.

Benegrip [Internet]. Bula do produto Benegrip. Disponível em <https://www.benegrip.com.br/bula.php>. Acesso em novembro/2021.

Benegrip [Internet]. Bula do produto Benegrip Multi. Disponível em <https://www.benegrip.com.br/bula-benegrip-multi.php>. Acesso em novembro/2021.

Benegrip [Internet]. Bula do produto Benegrip Dia. Disponível em <https://www.benegrip.com.br/bula-benegrip-dia.php>. Acesso em novembro/2021. Benegrip [Internet].

Bula do produto Benegrip Noite. Disponível em <https://www.benegrip.com.br/bula-benegrip-noite.php>. Acesso em novembro/2021.

Se for gripe, Benegrip!

Imagem ilustrativa com embalagens dos produtos Benegrip, Benegrip Multi Dia, Benegrip Multi Noite e Benegrip Multi. Em fundo laranja, com o texto escrito

Benegrip tem a linha mais completa* do mercado para o tratamento dos sintomas de gripes e resfriados. Para promover o bem-estar e te ajudar a enfrentar a gripe , Benegrip está disponível em diferentes versões, para variados momentos e necessidades de toda a família!

Benegrip: versão tradicional e eficaz contra os sintomas da gripe. Com o poder dos 2 comprimidos (verde e laranja), combate as dores, febre, congestão nasal. Saiba mais sobre Benegrip

Benegrip Multi: antigripal líquido infantil para crianças a partir de 2 anos. Sua fórmula é feita à base de paracetamol, que combate as dores e a febre. Além disso, tem descongestionante e antialérgico que ajuda a acabar com o nariz entupido. Conheça o Benegrip Multi para cuidar da gripe das crianças!

Benegrip Multi Dia e Multi Noite: Fórmulas pensadas especialmente para os diferentes sintomas do Dia e da Noite e com forte** poder analgésico e descongestionante. A versão Dia não dá sono e contém descongestionante nasal. Já a versão Noite tem antialérgico e ajuda a dormir melhor. Veja como Benegrip Multi Dia e Multi Noite podem te ajudar.
*Linha com a maior quantidade de SKUs do mercado de antigripais. Fonte: IQVIA-PMB Mar/21. **Fórmula com alta concentração de ativos (800mg de paracetamol + 20mg de fenilefrina)