O nosso website utiliza cookies para lhe identificar e aprimorar a sua experiência de navegação.
Alguns cookies são necessários, outros são utilitários, analíticos ou de marketing. Ao continuar navegando, você concorda com os termos da nossa Política de Cookies.

Logo Benegrip

Gripe no verão: entenda as diferenças e veja como se prevenir o ano todo

19/03/2021 gripe-no-verao

Todo ano, cerca de 772 mil pessoas chegam a ser hospitalizadas por consequência da gripe, somente no continente americano. Não é segredo que a gripe é mais frequente no outono e inverno, devido ao clima frio e baixa umidade, que fornecem o cenário ideal para a sobrevida e transmissão do vírus. Porém, também ocorrem infecções com o vírus da gripe no verão.

São diversos os fatores que contribuem para os casos de gripe fora da epidemia sazonal, que costuma ocorrer entre abril e outubro. Entre os mais comuns, a mistura de clima quente e o abuso de ambientes climatizados é a principal causa dos casos de gripes e resfriados no verão.

Para ajudar você e sua família a escapar da combinação sol e gripe, reunimos neste artigo as principais diferenças que ocorrem entre a gripe no verão e inverno, além de uma série de dicas que ajudam a diminuir o risco de adquirir uma dessas infecções virais em pleno período de férias.

Por que ocorrem casos de gripe no verão?

Enquanto no inverno o clima naturalmente seco e frio é perfeito para que o vírus da Influenza, causador da gripe, sobreviva por mais tempo e tenha mais chances de infectar as pessoas, no verão os casos costumam diminuir pelo aumento da temperatura e umidade do ar.

No entanto, isso está longe de significar que a doença não ocorre nessa estação. Pelo contrário, ela continua fazendo suas vítimas, principalmente por conta de certos hábitos e confortos da vida moderna.

Estamos falando do uso de ventiladores e, principalmente, do ar-condicionado. O abuso de ambientes climatizados deixa as mucosas ressecadas e prejudica assim a primeira barreira de imunidade do nosso organismo.

Isso é mais grave por conta do choque térmico que ocorre ao transitar de um ambiente quente e aberto para um fechado e gelado.

O corpo humano é capaz de se adaptar a mudanças na temperatura, no entanto ele demanda um período de aclimatação, que não ocorre nesse contexto e também acaba por provocar uma baixa na imunidade.

Por fim, ainda é válido mencionar que um ar-condicionado que não é higienizado periodicamente é um grande agente propagador de vírus e bactérias, que podem causar infecções como resfriados e gripe no verão.

Como ele puxa um ar úmido e retém impurezas, sem a limpeza e desinfecção do equipamento, ele conta com um ambiente propício para sobrevida desses microorganismos.

Diferenças nos sintomas de gripe no verão

Na prática, os sintomas da gripe no verão e inverno são os mesmos:

  • Febre alta de pelo menos 38°C;
  • Tosse e garganta inflamada;
  • Coriza e narinas entupidas;
  • Dores de cabeça e no corpo;
  • Sensação de cansaço, indisposição e mal-estar.

O mesmo vale para os sintomas de resfriado, que são similares à gripe, porém em menor intensidade, além de raramente ocorrer febre. Mas então, existe diferença entre os sintomas da gripe no verão e inverno?

A resposta é sim, mas não sobre quais sintomas mais comuns e sim como sentimos cada um deles. Por exemplo, a ocorrência de febre alta em uma época de clima quente requer maior cuidado para baixar a temperatura corporal, utilizando remédios antitérmicos para agir no corpo e toalhas úmidas sobre a testa e axilas para aliviar os sintomas e desconforto.

Além disso, é essencial que a pessoa gripada faça repouso. Primeiro porque ela não deve se expor a ambientes climatizados e correntes de ar frio, que podem piorar o quadro. Segundo, ela precisa se manter bem hidratada, mais do que se tivesse saudável, o que fica muito difícil se estiver exposta ao sol e ao calor.

Por fim, o clima quente e o brilho intenso do sol pode causar ainda mais desconforto, dor no corpo e dor de cabeça, prejudicando o diagnóstico adequado, por trazer sintomas similares ao de outras doenças sazonais, como dengue e zika.

6 dicas para prevenir gripes e resfriados no verão

Para não deixar que uma gripe no verão estrague os seus planos, selecionamos aqui 6 dicas que ajudam na prevenção de gripes e resfriados no calor. Confira:

1. Cuide da sua imunidade

Um sistema imunológico forte é seu principal aliado, por isso, manter hábitos saudáveis como alimentação balanceada e praticar atividades físicas é uma peça-chave para se prevenir de doenças virais.

Além disso, manter a carteira de vacinação em dia é essencial, afinal contrair outras doenças debilita a sua imunidade, que precisa de tempo para se recuperar e te deixa vulnerável.

2. Evite mudanças bruscas de temperatura

Sempre que puder evitar mudanças bruscas de temperatura, isso é recomendado. Evite, por exemplo, voltar da praia ou piscina, depois de horas ao sol e levemente molhado, entrar no carro e ligar o ar-condicionado bem gelado.

Da mesma forma, buscar se refrescar sentando bem na frente do ventilador só irá ressecar ainda mais rápido as suas mucosas e baixar a sua imunidade.

3. Use o ar-condicionado de maneira adequada

Já que estamos falando sobre ambientes climatizados, o ar-condicionado merece cuidados adicionais. Além de fazer a limpeza da unidade, evite usar o equipamento sempre na menor temperatura. Isso dificulta o corpo a se acostumar com as mudanças de ambientes, além de consumir mais eletricidade.

4. Prefira uma alimentação saudável e rica em nutrientes

A sua alimentação está diretamente ligada à imunidade. Uma alimentação rica em nutrientes e vitaminas fornece ao corpo a energia para se manter e combater infecções.

Por exemplo, vegetais escuros, como brócolis e couve, são ricos em ácido fólico e estimulam a produção de glóbulos brancos. Carnes e leguminosas fornecem proteínas e zinco, fortalecendo a imunidade. Também recomenda-se incluir o Ômega 3 na dieta, através de peixes e azeite de oliva, que diminui o risco de inflamação nas artérias e estimula a memória.

Além disso, nos meses mais quentes do ano, frutas cítricas dão aquela força nos níveis de vitamina C, ajudam na hora de se refrescar e são mais fáceis de digerir.

5. Hidrate-se constantemente

Manter o corpo hidratado é igualmente importante e você também pode se beneficiar das frutas da estação. Além de beber bastante água, consumir sucos e sorvetes à base de frutas ajudam nessa questão.

6. Use repelente e protetor solar

Parece estranho, mas fazer o uso de repelentes de mosquitos e protetor solar é também uma forma de prevenir a gripe no verão. Primeiramente, o repelente diminui a chance de picadas de mosquitos, incluindo o Aedes Aegypti, transmissor da dengue. Por outro lado, o protetor solar evita doenças de pele.

Em ambos os casos, o sistema imunológico ficaria prejudicado, aumentando as chances de pegar uma gripe ou mesmo um resfriado e acabar com consequências mais graves devido à baixa imunidade.

Conheça Benegrip Multi Dia & Noite!

Fórmulas pensadas para os diferentes sintomas do dia e da noite. Quer um antigripal que não dá sono pra você enfrentar sua rotina? E outro pra te ajudar a dormir bem sem o incômodo dos sintomas da gripe?

Benegrip Multi Dia & Noite! Composição com forte poder analgésico e descongestionante*.

Benegrip Multi Dia te ajuda a ter dias ativos! Com Paracetamol, que ajuda a combater a dor de cabeça, dores no corpo, febre. E a Fenilefrina, um descongestionante nasal que alivia o nariz entupido.

Benegrip Multi Noite é para noites bem dormidas, e também tem Paracetamol e Fenilefrina, que atuam contra a dor de cabeça, dores no corpo, febre, nariz entupido. Além disso, conta com a Carbinoxamina, um antialérgico que atua nos processos que envolvem as vias aéreas superiores, diminuindo a coriza e ajudando a dormir melhor.

CONHEÇA MAIS A LINHA DIA & NOITE!

REFERÊNCIAS CONSULTADAS:

* Fórmula com alta concentração de ativos. 800mg de Paracetamol e 20mg de Fenilefrina.

Bula do produto Benegrip Multi Dia. Bula do produto Benegrip Multi Noite.

Organização Pan-Americana da Saúde – OPAS Brasil. Boletim Informativo : SVS – Influenza (Gripe) – Semana Epidemiológica (SE) 32. Disponível em <https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=2970:boletim-informativo-svs-influenza-gripe-semana-epidemiologica-se-32&Itemid=463>. Acesso em dezembro/2020.

World Health Organization. Influenza (Seasonal). 6 de novembro de 2018. Disponível em: <https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/influenza-(seasonal)>. Acesso em dezembro/2020.

Organização Pan-Americana da Saúde – OPAS Brasil. Confira mitos e verdades sobre a vacina contra a influenza sazonal. 15 de maio, 2019. Disponível em: https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5934:confira-mitos-e-verdades-sobre-a-vacina-contra-a-influenza-sazonal&Itemid=812>. Acesso em: fev. 2021.

posts relacionados

Benegrip tem uma linha completa
para cuidar de você e de sua família!

Tradição dos
dois comprimidos

dias ativos e noites
bem dormidas

Antigripal líquido
a partir de 2 anos