Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Para mais informações, acesse o nosso Aviso Externo de Privacidade.

O que causa falta de apetite? Quando me preocupar? Como tratar?

27/05/2022 o-que-causa-falta-de-apetite

Manter uma alimentação balanceada e nutritiva é essencial para nossa saúde, por isso, devemos ficar atentos quando perdemos a vontade de comer de maneira incomum, algo que surge repentinamente e com longa duração. 

Nesse post, vamos explicar o que causa a falta de apetite, além de citar os fatores que fazem isso ser um sintoma clínico que merece sua atenção. Veja como se cuidar! 

Quando a falta de apetite é sinal de alerta? 

É preciso salientar que a falta de apetite pode ser causada por uma grande variedade de fatores, podendo não passar de um sinal de saciedade até ser um indício de doenças ou transtornos mais graves. 

Nesse caso, é interessante ficar atento às condições do surgimento do quadro, bem como os sintomas percebidos simultaneamente. 

Quando a perda de vontade de se alimentar dura por horas ou dias, é sinal de que algo não está funcionando corretamente. Afinal de contas, o nosso corpo precisa se manter nutrido para funcionar.  

A falta de apetite é comumente associada à sensação de fadiga, uma vez que o corpo consome as reservas de energia e não as repõe de maneira satisfatória. Caso esse quadro se estenda por muito tempo, ele pode levar à anemia grave e a outras complicações. 

Outro fator que pode surgir junto da perda do desejo por comida é a ocorrência de náuseas e vômitos. Falta de apetite e enjoo podem ocorrem por conta de desconfortos gástricos e doenças que afetam o sistema digestivo

Por fim, é válido elevar o nível de alerta quando o indivíduo perde muito peso involuntariamente por conta da diminuição da ingestão de alimentos.  

Assim como a sensação de fadiga, esse sintoma surge pela utilização das reservas de gordura e dos músculos para manutenção das funções vitais, sem a reposição necessária para manter a massa intacta. 

De modo geral, fique atento a qualquer alteração repentina e duradoura nos seus hábitos alimentares, assim como ao acompanhamento do peso médio, energia e disposição ao longo da sua rotina diária. 

Resumindo, a falta de apetite é sinal de alerta quando: 

  • vem acompanhada de enjoo; 
  • surge de repente e dura longos períodos; 
  • provoca perda de peso e de massa muscular; 
  • leva a sensação de fadiga; 
  • provoca perda de produtividade; 
  • causa desatenção, desinteresse e impede a rotina normal da pessoa. 

O que causa falta de apetite? 

Conhecendo os fatores que merecem sua atenção, vamos entender a seguir o que causa a falta de apetite. Como dito, as origens desse sintoma são variadas, mas vamos apontar as principais causas e explicar por que elas provocam esse efeito no organismo. 

A primeira causa habitual para a diminuição do desejo de se alimentar ocorre quando sofremos com infecções virais ou bacterianas. É por isso que a gripe causa falta de apetite, já que é comum ficarmos com a garganta inflamada e termos uma diminuição moderada do paladar. 

Principalmente nas crianças, o desconforto causado por viroses e outras doenças similares é uma causa comum para a perda de apetite. Porém, é essencial estimular a ingestão de nutrientes, bem como a hidratação, para a recuperação do paciente. 

A Covid-19 pode causar perda de apetite e olfato, o que também afeta o desejo de comer. É importante citar que esses sintomas, quando ocorrem, costumam ser mais severos do que os sentidos em casos de gripe ou resfriado comum. 

Problemas digestivos também estão associados à falta de apetite e enjoos, uma vez que o desconforto é o bastante para que a pessoa não consiga se alimentar normalmente. Isso pode ocorrer em quadros de gastrite, refluxo, úlceras e outros. 

Também é relevante citar que a irritação no trato digestivo pode ser causada por má alimentação, medicamentos de uso contínuo, parasitas e muitos outros. Daí a importância de procurar atendimento médico especializado. 

Outras doenças que provocam a diminuição de apetite incluem o diabetes, problemas renais, hepatite, hipotiroidismo, diversos tipos de câncer, pneumonia e meningite. 

A medicação utilizada para tratar essas doenças também pode provocar esse efeito adverso, como é percebido durante o uso de certos antibióticos, analgésicos potentes como a codeína e morfina, quimioterapia e outros. 

Por fim, a causa da falta de apetite pode ser psicológica ou emocional. Fatores como depressão, ansiedade e estresse podem provocar desconforto gástrico e diminuir o ímpeto em se alimentar. 

Como cuidar da falta de apetite? 

Agora que você já sabe o que causa a falta de apetite, deve estar pensando em como tratar esse sintoma, certo? Para isso, a recomendação geral é obter um diagnóstico médico sobre a causa da hiporexia, como também é chamada. 

Cada caso demanda um tratamento específico, por isso, é difícil apontar apenas um caminho.  

Para facilitar o diagnóstico, informe seu médico sobre a data de início dos sintomas, intensidade, quanto peso perdeu nesse tempo, situações adversas que podem estar associadas à perda de apetite e outros sintomas concomitantes, como enjoo, refluxo e fadiga. 

Fique atento aos seus hábitos alimentares e procure orientação médica caso perceba alguma alteração incomum. A falta de apetite é um sinal de alerta, não deixe que isso prejudique sua saúde. 

Atenção: este conteúdo tem caráter informativo e não tem o intuito ou deve ser utilizado como substituição do atendimento médico especializado. Não é incentivada ou recomendada o autodiagnóstico e auto tratamento em qualquer hipótese. Em caso de dúvidas ou suspeita de qualquer problema de saúde, procure a unidade de saúde mais próxima.

Chegou Benegrip Imuno!

Imagem ilustrativa com embalagens dos produtos Benegrip Imuno Complex e Benegrip Imuno Energy. Em fundo verde, com o texto escrito

Mais nova linha de Benegrip, agora de suplementos de vitaminas e minerais escolhidos para fortalecer* seu sistema imunológico e reforçar** sua energia.

Benegrip Imuno Complex: O primeiro em cápsulas gelatinosas***, possui uma fórmula exclusiva*** que irá auxiliar na prevenção* e fortalecer* o seu sistema imunológico. Saiba mais!

Benegrip Imuno Energy: Comprimidos efervescentes com um complexo exclusivo*** de vitaminas e minerais escolhidos que irão contribuir com sua energia** e auxiliar no sistema imune. Saiba mais!

Benegrip Imuno Complex e Benegrip Imuno Energy são alimentos isentos de registro de acordo com a RDC 27/2010.*Referente ao Benegrip Imuno Complex que contém vitamina D, C, A e Zinco que auxiliam no funcionamento do sistema imune.**Referente ao Benegrip Imuno Energy que contém vitamina C e Zinco que auxiliam no metabolismo energético, e de proteínas, carboidratos e gorduras, respectivamente.***IQVIA. PMB. Agosto, 2021. Mapeamento do mercado de vitaminas.