novo surto de covid

Apesar do fim da pandemia e da abertura integral da maioria dos espaços por todo o mundo, já é possível entender que a covid-19 não deixará de ser um risco tão cedo. Com novas variantes, o fim do ano foi marcado pela possibilidade de um novo surto de covid.

Diversos especialistas e a própria Organização Mundial da Saúde (OMS) já afirmaram que o coronavírus provavelmente estará presente em nossas vidas por mais tempo do que se acreditava no início.

Isso porque, assim como a gripe comum, a covid-19 é causada por um vírus, o que significa que ele sofre mutações genéticas, dando origem a essas novas variantes.

Mas vale lembrar: apesar de ambas serem doenças respiratórias contagiosas, a gripe e a covid-19 são diferentes (tanto no contágio quanto nos efeitos), exatamente por serem causadas por vírus distintos.

Então, apesar do atual cenário epidemiológico ser diferente do que tínhamos no começo da pandemia, é muito importante se proteger e atentar-se aos sintomas da nova variante de covid-19.

Além disso, é necessário conhecer os principais cuidados que podem ser tomados, exatamente para que os novos surtos sejam contidos. É exatamente sobre isso que falaremos neste conteúdo. Boa leitura!

Por que tem um novo surto de covid-19?

Conforme mencionado, todos os vírus, incluindo o Sars-CoV-2 podem mudar com o tempo. Isso ocorre, principalmente, quando o vírus tem mais oportunidades de se espalhar e se multiplicar.

Essa mutação é um processo natural e evolutivo deste organismo e ocorre quando ele precisa se adaptar ao ambiente para sobreviver.

Ou seja, quanto menos o vírus foi transmitido, menores são as chances de sofrer mutações. Por essa razão, as medidas de proteção não farmacológicas, como o uso de máscaras e a higiene constante das mãos são tão relevantes.

Mas, como o coronavírus foi amplamente disseminado por todo o mundo, existem milhares de variações genéticas do vírus original causador da doença. Contudo, nem todos eles são letais ou contagiosos para iniciar um novo surto de covid-19.

Qual a variante atual da covid-19?

A ômicron é uma dessas mutações, enquadrada como uma variante de preocupação (VOC) pela OMS, sendo responsável por mais de 99% dos casos reportados entre novembro e dezembro de 2022.

Mais do que isso, hoje já temos subvariantes, como a BQ.1, que trazem um sinal de alerta por serem mais transmissíveis do que as outras cepas.

Tanto que, de acordo com as atualizações semanais da World Health Organization (WHO), ela foi uma das variantes que cresceu mais rapidamente, espalhando-se por mais de 90 países até a metade de dezembro de 2022.

Então, essa é a principal razão de por que tem um novo surto de covid-19: o vírus sofre mutações constantemente e, algumas dessas variantes ficam mais fortes, aumentando o índice de transmissão.

Como as medidas de proteção diminuíram no último ano, o contágio cresce nos lugares em que há contato com essa cepa, ampliando o número de pessoas infectadas.

Sendo assim, a principal variante que está deixando as organizações em alerta ainda é a ômicron. Mas, como você viu, existem subvariantes dela que chamam mais a atenção, como a BQ.1, que já foi identificada no Brasil.

Entendendo os efeitos das variantes e subvariantes

De modo geral, a cepa ômicron é uma das mais preocupantes devido ao seu alto potencial de reinfecção e por sua elevada capacidade de transmissão rápida.

Por conta disso, o sistema imunológico tem mais dificuldade em combater as novas variantes, devido às mutações do vírus. Como consequência, o número de casos se eleva.

Ao mesmo tempo, isso potencialmente reduz a eficácia das vacinas, que foram produzidas nos subgrupos previamente descobertos.

Apesar disso, ela continua protegendo quem tomou o imunizante, já que foi fabricada para combater subgrupos que deram origem a “descendentes”, como a variante BQ.1.

Outra subvariante que merece atenção é a XXB. Apesar de não ter sido encontrada no Brasil, circula em países como Índia, Bangladesh e Singapura, tendo um aumento significativo na população infectada.

Quais são os sintomas da nova variante de covid-19?

Os sintomas da nova variante de covid-19 não se diferenciam muito do que já conhecíamos e, na verdade, tendem a provocar uma infecção leve do sistema respiratório, sendo similar a uma gripe ou resfriado.

Em geral, as queixas incluem:

  • Dor de cabeça;
  • Dor de garganta;
  • Tosse;
  • Febre;
  • Coriza;
  • Cansaço.

Atualmente, as maiores preocupações de um novo surto de covid-19 com essas variantes permanece nos grupos de risco, que são os imunossuprimidos, idosos e pessoas com comorbidades.

Outro público mais vulnerável é o infantil, que já tem liberação da Anvisa para a vacinação. Contudo, até novembro de 2022 apenas 1 em cada 10 crianças de 3 e 4 anos tinham tomado a primeira dose no Brasil.

Principais cuidados antes, durante e pós-covid

Conforme ressaltado pelo artigo do Instituto Butantan, a pandemia está crescendo, mas em ritmo lento.

Isso não significa que teremos um aumento de óbitos, mas sim que mesmo com o crescimento na transmissão, em função da vacinação, os casos normalmente são leves ou moderados.

Ou seja, os principais cuidados contra o covid-19 continuam os mesmos. Então, mesmo que não seja mais obrigatório, convém fazer:

Essas são as chamadas medidas não farmacológicas de prevenção, que continuam sendo eficazes para frear um novo surto de covid-19.

Mas, além disso, o uso de antigripais podem ajudar a aliviar os sintomas da doença, principalmente contra as dores, febre e congestão nasal.

Outra maneira essencial de se proteger são as doses de reforço são fundamentais para aumentar as chances de proteção. Afinal, o imunizante continua sendo eficaz na redução de infecções e desenvolvimento de quadros graves.

Em relação aos cuidados pós-covid, é interessante ficar atento se os sintomas não se prolongam por muito tempo, dando início à covid longa. Caso aconteça, é importante procurar ajuda médica para tratar eventuais complicações.

Novo surto de covid-19:

Todas essas questões mostram que, apesar de existir um novo surto de covid-19, a situação é muito diferente da que vivemos dois anos atrás, graças aos conhecimentos sobre a doença que temos atualmente e, principalmente, à vacinação.

Mas isso não significa que podemos deixar os cuidados de lado, certo? Então, atente-se a eventuais surtos em sua cidade, proteja-se, procure um médico quando necessário e lembre-se das doses de reforço.

Se for gripe, Benegrip!!

Imagem ilustrativa com embalagens dos produtos Benegrip Família Em fundo laranja, com o texto escrito

Benegrip tem a linha mais completa* do mercado para o tratamento dos sintomas de gripes e resfriados. Para promover o bem-estar e te ajudar a enfrentar a gripe , Benegrip está disponível em diferentes versões, para variados momentos e necessidades de toda a família!

Benegrip: versão tradicional e eficaz contra os sintomas da gripe. Com o poder dos 2 comprimidos (verde e laranja), combate as dores, febre, congestão nasal . Saiba mais sobre Benegrip.

Benegrip Multi: :antigripal líquido infantil para crianças a partir de 2 anos. Sua fórmula é feita à base de paracetamol, que combate as dores e a febre. Além disso, tem descongestionante e antialérgico que ajuda a acabar com o nariz entupido. Conheça o Benegrip Multi para cuidar da gripe das crianças!Saiba mais sobre Benegrip Multi.

Benegrip Multi Dia e Multi Noite Fórmulas pensadas especialmente para os diferentes sintomas do Dia e da Noite e com forte** poder analgésico e descongestionante. A versão Dia não dá sono e contém descongestionante nasal. Já a versão Noite tem antialérgico e ajuda a dormir melhor. Veja como Benegrip Multi Dia. e Benegrip Multi Noite. podem te ajudar.

*Linha com a maior quantidade de SKUs do mercado de antigripais. Fonte: IQVIA-PMB Dez/21.

**Fórmula com alta concentração de ativos (800mg de paracetamol + 20mg de fenilefrina)

Bula do produto: Benegrip.
Bula do produto: Benegrip Multi.
Bula do produto: Benegrip Multi Dia.
Bula do produto: Benegrip Multi Noite.

Benegrip. dipirona monoidratada, maleato de clorfeniramina, cafeína. Indicações: tratamento sintomático da gripe e resfriado. MS 1.7817.0092. Benegrip Multi. paracetamol, cloridrato de fenilefrina, maleato de carbinoxamina. Indicações: analgésico e antitérmico. Descongestionante nasal em processos de vias aéreas superiores. MS 1.7817.0768. Benegrip Multi Dia. paracetamol, cloridrato de fenilefrina. Indicações: para o tratamento dos sintomas das gripes e resfriados, como dor, febre e congestão nasal. MS 1.7817.0869 Benegrip Multi Noite. paracetamol, cloridrato de fenilefrina, maleato de carbinoxamina. Indicações: para o tratamento dos sintomas das gripes e resfriados, como dor, febre, congestão nasal e coriza. MS 1.7817.0868. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. Dez/21.

Instituto Butantan [Internet]. Por que acontecem mutações do SARS-CoV-2 e quais as diferenças entre cada uma das variantes; 2021. Disponível em: https://butantan.gov.br/noticias/por-que-acontecem-mutacoes-do-sars-cov-2-e-quais-as-diferencas-entre-cada-uma-das-variantes. Acesso em dezembro/2022.


World Health Organization (WHO). [Internet] Covid-19 Weekly Epidemiological Update. 14 de dezembro/2022. Disponível em: https://www.who.int/publications/m/item/weekly-epidemiological-update-on-covid-19---14-december-2022. Acesso em dezembro/2022.


World Health Organization (WHO). [Internet] Covid-19 Weekly Epidemiological Update. 21 de dezembro/2022. Disponível em: https://www.who.int/publications/m/item/covid-19-weekly-epidemiological-update---21-december-2022. Acesso em dezembro/2022.


Instituto Butantan [Internet]. Conheça os sintomas mais comuns da ômicron e de outras variantes da Covid-19. 15 de dezembro de 2021. Disponível em: https://butantan.gov.br/noticias/conheca-os-sintomas-mais-comuns-da-omicron-e-de-outras-variantes-da-covid-19. Acesso em dezembro/2022.


Instituto Butantan [Internet]. Seis fatos sobre a ômicron, a variante mais transmissível da Covid-19. 07 de fevereiro de 2022. Disponível em: https://butantan.gov.br/noticias/seis-fatos-sobre-a-omicron-a-variante-mais-transmissivel-da-covid-19. Acesso em dezembro/2022.


Folha de São Paulo [Internet]. Só 1 em cada 10 crianças de 3 e 4 anos recebeu a primeira dose contra Covid no Brasil; 2022. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2022/11/ministerio-da-saude-divulga-dados-errados-sobre-vacinacao-contra-covid-em-criancas.shtml. Acesso em dezembro/2022.


Instituto Butantan [Internet]. Com pressão evolutiva e novas variantes da ômicron, pandemia continua crescendo em ritmo lento, mas casos são leves e moderados graças à vacinação. 01 de julho de 2022. Disponível em: https://butantan.gov.br/noticias/com-pressao-evolutiva-e-novas-variantes-da-omicron-pandemia-continua-crescendo-em-ritmo-lento-mas-casos-sao-leves-e-moderados-gracas-a-vacinacao. Acesso em dezembro/2022.


Encontre o Benegrip ideal para você

Imagem da embalagem de Benegrip.

Benegrip®

O poder dos dois comprimidos
Benegrip® combate de maneira eficaz os sintomas de gripes e resfriados.1

Encontre aqui Saiba mais
Imagem da embalagem de Benegrip® Multi Dia.

Benegrip® Multi Dia

Combate os sintomas de gripes e resfriados, com um potente* efeito analgésico e descongestionante, sem dar sono4.

Encontre aqui Saiba mais
Imagem da embalagem de Benegrip® Multi Noite.

Benegrip® Multi Noite

Combate os sintomas de gripes e resfriados com um potente* efeito analgésico, descongestionante e antialérgico, para ajudar a dormir melhor5.

Encontre aqui Saiba mais

Suplemento Alimentar

Embalagem do Benegrip® Imuno Energy

Benegrip® Imuno

Cuida da sua imunidade e energia para te ajudar na recuperação da gripe.

Encontre aqui Saiba mais