Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Para mais informações, acesse o nosso Aviso Externo de Privacidade.

Remédio antitérmico: o que é? Como ele age? Quando tomar?

03/03/2022 remédio antitérmico

A febre é uma reação do sistema imunológico para combater infecções diversas, inclusive aquelas causadas por vírus e bactérias, como é o caso de gripes e resfriados. Ela serve para diminuir a presença desse patógenos ao elevar a temperatura corporal e dificultar sua sobrevivência no organismo. 

O problema é que eles não são os únicos a sofrerem, ela também causa um grande desconforto e, quando se estende por longos períodos sem cessar, pode causar problemas de maior gravidade.  

Para combater a febre e controlar nossa temperatura, é comum a procura por remédios antitérmicos. Mas você sabe o que são os medicamentos antipiréticos e como eles agem no organismo? Qual a melhor hora para usar esse tratamento? 

Vamos tirar as principais dúvidas sobre a definição e o funcionamento de um remédio antitérmico, com o intuito de promover a conscientização sobre o seu uso e possibilitar tratamentos mais adequados para gripes, resfriados e outras doenças.  

Aproveite a leitura! 

O que é a febre? 

o que é a febre

A febre em si não é uma doença, mas sim um sintoma. Trata-se de uma reação do organismo para combater agentes infecciosos e processo inflamatórios ao elevar o limiar térmico e impedir reações naturais que promovem a perda de calor. 

Nesse processo, ocorre um aumento da liberação de enzimas como a prostaglandina, que afetam o hipotálamo e aumentam a nossa temperatura. O hipotálamo é uma região do cérebro que atua como um termostato, ajustando o calor no corpo para manter as funções biológicas em ordem. 

Durante uma infecção, por exemplo, o funcionamento padrão do corpo não é o ideal, já que o sistema imunológico detecta a necessidade de combater os seus causadores, recuperar as regiões afetadas e promover a cura. 

Por isso, a produção de calor por meio do metabolismo aumenta, enquanto o organismo evita a sua perda para o ambiente.

O que são remédios antitérmicos? 

A elevação da temperatura corporal é uma reação necessária para combater vírus e bactérias, mas ela é capaz de causar desconforto, elevar a sensação de mal-estar e prejudicar diversas funções biológicas. 

Por isso, pode ser necessário promover ações para acelerar a perda de calor ou impedir que o estado febril se estenda por longos períodos. Algumas delas são intervenções caseiras, como banhos de água morna, panos úmidos sobre a testa, repouso e ingestão de fluidos. 

Por outro lado, temos o uso de remédios antitérmicos, também chamados de antipiréticos. Eles servem como intervenção medicamentosa para aliviar esse sintoma, controlando as enzimas que alteram o limiar térmico na região do hipotálamo. 

Como agem os remédios antitérmicos? 

Para entender como agem os antitérmicos, é preciso revisitar como ocorre a febre. Nela, há um aumento na produção de prostaglandina, responsável por agir no hipotálamo a fim de impedir a perda de calor para o ambiente, ao mesmo tempo que eleva a temperatura corporal. 

Dessa forma, o antitérmico atua logo na origem dessa reação para enfim baixar a nossa temperatura. Para isso, ele impede a produção ou absorção de enzimas que formam a prostaglandina, ou seja, controla o seu excesso no organismo. 

A partir daí, o limiar térmico no hipotálamo volta a baixar e as reações que facilitam a perda de calor para o ambiente, como o suor e distribuição da temperatura para as extremidades, são reativadas pelo nosso metabolismo.

Para que tomar remédio antitérmico? 

Os motivos para tomar um remédio antitérmico podem se resumir principalmente no alívio e conforto da pessoa doente. A febre pode elevar a indisposição, causar calafrios, piorar a dor de cabeça e está ligada a outros sintomas comuns em infecções. 

Dessa forma, remédios antitérmicos servem para aliviar o mal-estar e aumentar o conforto, apesar de não agir diretamente na cura da infecção, esta que muitas vezes cabe apenas ao sistema imunológico. 

Também podemos entender que os antipiréticos servem para diminuir os riscos associados a febre alta e prolongada, principalmente aqueles que afetam o nosso sistema nervoso. 

Quando tomar medicamentos antitérmicos? 

Em geral, a febre ocorre quando a temperatura do corpo fica acima de 37,5 ºC, sendo considerada alta quando ultrapassa os 38 ºC. Além disso, é importante considerar a idade do paciente, já que crianças sofrem mais com esse sintoma. 

De todo modo, o remédio antitérmico pode ser utilizado a partir dos 37,8 ºC na maioria dos casos, porém, é recomendado procurar orientação médica antes de sua administração, principalmente no tratamento infantil. 

Dessa forma, é possível promover o alívio de forma segura e adequada ao diagnóstico correto. Ao mesmo tempo, não se esqueça de: 

  • Beber bastante água, principalmente se estiver suando muito, para diminuir o risco de desidratação; 
  • Acompanhar os demais sintomas para assegurar o melhor tratamento; 
  • Continuar monitorando a febre com o passar do tempo, procurando atendimento médico caso ela não ceda com a medicação. 

Esperamos que tenha tirado todas suas dúvidas sobre o que é o remédio antitérmico e como ele age para controlar a febre. Não deixe de procurar um pronto-socorro em quadros mais intensos e persistentes. 

Por enquanto, vamos ficar por aqui. Para mais dicas de saúde e bem-estar, além de informações sobre prevenção e tratamento da gripe, continue ligado em nosso blog. Até a próxima!

Referências Consultadas

González Plaza JJ, Hulak N, Zhumadilov Z, Akilzhanova A. Fever as an important resource for infectious diseases research. Intractable Rare Dis Res. 2016 May;5(2):97-102. doi: 10.5582/irdr.2016.01009. PMID: 27195192; PMCID: PMC4869589.

Aronoff DM, Neilson EG. Antipyretics: mechanisms of action and clinical use in fever suppression. Am J Med. 2001 Sep;111(4):304-15. doi: 10.1016/s0002-9343(01)00834-8. PMID: 11566461.

Ferreira T, Barberato Filho S, et al. Analgésicos, antipiréticos e anti-inflamatórios não esteroides em prescrições pediátricas. Publicado em 4 de outubro de 2012. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/csc/a/RFj5qHD37nQDGN66cJhYNxP/?lang=pt>. Acesso em março/2022.

MedlinePlus [Internet]. Fever. Disponível em: <https://medlineplus.gov/fever.html>
. Acesso em março/2022.

Se for gripe, Benegrip!

Imagem ilustrativa com embalagens dos produtos Benegrip, Benegrip Multi Dia, Benegrip Multi Noite e Benegrip Multi. Em fundo laranja, com o texto escrito

Benegrip tem a linha mais completa* do mercado para o tratamento dos sintomas de gripes e resfriados. Para promover o bem-estar e te ajudar a enfrentar a gripe , Benegrip está disponível em diferentes versões, para variados momentos e necessidades de toda a família!

Benegrip: versão tradicional e eficaz contra os sintomas da gripe. Com o poder dos 2 comprimidos (verde e laranja), combate as dores, febre, congestão nasal. Saiba mais sobre Benegrip

Benegrip Multi: antigripal líquido infantil para crianças a partir de 2 anos. Sua fórmula é feita à base de paracetamol, que combate as dores e a febre. Além disso, tem descongestionante e antialérgico que ajuda a acabar com o nariz entupido. Conheça o Benegrip Multi para cuidar da gripe das crianças!

Benegrip Multi Dia e Multi Noite: Fórmulas pensadas especialmente para os diferentes sintomas do Dia e da Noite e com forte** poder analgésico e descongestionante. A versão Dia não dá sono e contém descongestionante nasal. Já a versão Noite tem antialérgico e ajuda a dormir melhor. Veja como Benegrip Multi Dia e Multi Noite podem te ajudar.
*Linha com a maior quantidade de SKUs do mercado de antigripais. Fonte: IQVIA-PMB Mar/21. **Fórmula com alta concentração de ativos (800mg de paracetamol + 20mg de fenilefrina)