Saiba para que serve e como funciona o remédio contra a gripe!

19/03/2021 pra-que-serve-remedio-gripe

Você sabe para que serve o remédio da gripe? Não existe um remédio que cure diretamente a gripe, sendo que a maioria é voltada para frear o avanço da infecção no sistema respiratório ou mesmo aliviar os sintomas.

O que não deixa de ser importante. Por um lado, uma gripe pode deixar a pessoa bem derrubada, com dores pelo corpo, nariz escorrendo, febre e cansaço. Mesmo assim, não é o pior que pode acontecer, contando que se não tratada corretamente, a gripe pode causar complicações graves.

Por ano, temos uma média de 3 a 5 milhões de casos graves de gripe no mundo todo, atingindo de 5% a 15% da população durante a epidemia sazonal de outono e inverno. A complicação mais comum da gripe é a pneumonia, uma infecção de natureza grave.

Por isso, todo cuidado é importante nesses momentos para evitar complicações. Nesse artigo, iremos explicar para que serve o remédio da gripe, quais os princípios ativos mais recomendados e como eles funcionam para ajudar o sistema imunológico a fazer a sua parte.

Para que serve o remédio da gripe?

Antes de mais nada, é preciso reforçar o que falamos no começo do artigo. Não existem medicamentos conhecidos que comprovadamente curam gripes ou resfriados. Temos a vacina contra a gripe, como a melhor forma de prevenção, e os analgésicos e antitérmicos, para alívio dos sintomas.

Dito isso, a cura da infecção respiratória causada é feita pelo sistema imunológico, que reage a presença do vírus da Influenza, em meio a essa reação que aparecem os sintomas como febre alta, dores no corpo, mal-estar, cansaço, coriza e tosse, entre outros.

Dessa forma, sabemos para que serve o remédio da gripe, que tem o objetivo de aliviar os sintomas e impedir que ocorra proliferação bacteriana nas mucosas atingidas pela infecção, incluindo boca, narinas, ouvidos, garganta e principalmente nos pulmões.

Tipos de remédios que aliviam os sintomas da gripe

Primeiramente, vamos relembrar quais os sintomas da gripe. Quando a pessoa está gripada, é comum ela apresentar:

  • Febre alta, acima de 38°C;
  • Dor de cabeça e nos músculos;
  • Garganta inflamada;
  • Nariz escorrendo;
  • Sensação de cansaço.

A infecção viral neste caso dura em média de 7 a 10 dias, com os sintomas em maior intensidade nos primeiros 3 dias. Os sintomas do resfriado são similares, contudo se apresentam em menor intensidade. Além disso, resfriados raramente apresentam febre e levam em torno de 4 dias para que o organismo se recupere.

Dessa forma, o remédio da gripe serve para baixar a temperatura corporal e aliviar as dores pelo corpo, são os chamados analgésicos e antitérmicos. Cada um desses componentes irá tratar um tipo de sintoma isoladamente. No entanto, vale destacar que um medicamento antigripal completo e eficaz traz todos esses ativos em sua fórmula, combinados de forma a aliviar todos os sintomas da infecção de uma só vez.

Por exemplo, um antigripal com dipirona, que atua no alívio da dor e diminuição da febre, clorfeniramina, que tem ação antialérgica para diminuir a coriza e congestão nasal, e cafeína, que combate a sensação de indisposição e age como estimulante.

Isenção de prescrição não é justificativa para automedicação

Embora as dosagens sejam relativamente baixas e os remédios que servem para tratar a gripe não oferecem muitos riscos, a automedicação não é incentivada e 100% segura. O diagnóstico deve ser feito por um médico, que leva em consideração o seu histórico de saúde e define a dosagem ideal.

No caso dos analgésicos e antitérmicos, tomar o remédio que está acostumado para tratar a gripe não requer uma ida ao médico ou ao hospital, mas em caso de corticóides e antibióticos, a situação é um pouco mais séria.

Como funciona o remédio da gripe?

Agora que já sabemos para que serve o remédio da gripe, que tem o intuito de aliviar os sintomas enquanto seu sistema imunológico combate a infecção, vamos ver como eles funcionam? Tomando como exemplo os principais medicamentos citados, nos temos o seguinte:

Como atuam os antitérmicos?

A ação dos remédios antitérmicos é voltada para o controle da temperatura do corpo. A alta temperatura provocada pela febre é uma resposta do próprio corpo à infecção viral, no caso, a gripe. O calor excessivo é resultado do corpo produzindo uma enzima, chamada prostaglandinaendoperóxido sintase.

O problema é que a febre alta causa extremo desconforto e mal-estar. Além disso, se ela se prolongar por muito tempo, o organismo pode entrar em choque. Nesse caso, o antitérmico atua para inibir a atuação dessa enzima e evita que a febre se estenda.

Como atuam os analgésicos?

A ação dos analgésicos é relativamente mais simples. Eles atuam diminuindo a ação das células nervosas que captam a sensação de dor. Dessa forma, eles evitam que a infecção cause maior desconforto, ao menos aliviando a dor.

Outros componentes

Além dessas ações principais, também podemos citar a ação dos antialérgicos e estimulantes.

Ativos com ação antialérgica, como a carbinoxamina, auxiliam no combate à coriza e à congestão nasal, aumentando a sensação de conforto da pessoa que está gripada. Já os componentes estimulantes, como a cafeína, são indicados para dar mais disposição ao paciente e tirar um pouco a sensação de moleza.

Cuidados adequados no tratamento da gripe

O cuidado adequado em quadros de gripe é voltado para diminuir os sintomas e a sensação de mal-estar. Além de saber para que serve os remédios da gripe, antes de tomá-los, é recomendado seguir alguns cuidados adicionais, são eles:

  • Ao sentir os sintomas, evite contagiar outras pessoas, fique em casa;
  • Não compartilhe objetos pessoais, como copos e talheres;
  • Faça repouso e evite expor o seu organismo debilitado a novas bactérias e vírus;
  • Beba bastante líquidos;
  • Alimentos como sopas, canjas e chás são muito indicados para aliviar os sintomas de gripes e resfriados;
  • Ao persistirem sintomas intensos, principalmente a febre, procure atendimento médico.
Referências consultadas

*Linha com a maior quantidade de SKUs do mercado de antigripais. Fonte: IQVIA-PMB Mar/21.

Bula dos produtos Benegrip, Benegrip Multi, Benegrip Multi Dia e Benegrip Multi Noite.

Organização Pan-Americana da Saúde – OPAS Brasil. Boletim Informativo: SVS – Influenza (Gripe) – Semana Epidemiológica (SE) 32. Disponível em <https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=2970:boletim-informativo-svs-influenza-gripe-semana-epidemiologica-se-32&Itemid=463>. Acesso em dezembro/2020.

World Health Organization. Influenza (Seasonal). 6 de novembro de 2018. Disponível em: <https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/influenza-(seasonal)>. Acesso em dezembro/2020.

Se for gripe, Benegrip!

Imagem ilustrativa com embalagens dos produtos Benegrip, Benegrip Multi Dia, Benegrip Multi Noite e Benegrip Multi. Em fundo laranja, com o texto escrito

Benegrip tem a linha mais completa* do mercado para o tratamento dos sintomas de gripes e resfriados. Para promover o bem-estar e te ajudar a enfrentar a gripe , Benegrip está disponível em diferentes versões, para variados momentos e necessidades de toda a família!

Benegrip: versão tradicional e eficaz contra os sintomas da gripe. Com o poder dos 2 comprimidos (verde e laranja), combate as dores, febre, congestão nasal. Saiba mais sobre Benegrip

Benegrip Multi: antigripal líquido infantil para crianças a partir de 2 anos. Sua fórmula é feita à base de paracetamol, que combate as dores e a febre. Além disso, tem descongestionante e antialérgico que ajuda a acabar com o nariz entupido. Conheça o Benegrip Multi para cuidar da gripe das crianças!

Benegrip Multi Dia e Multi Noite: Fórmulas pensadas especialmente para os diferentes sintomas do Dia e da Noite e com forte** poder analgésico e descongestionante. A versão Dia não dá sono e contém descongestionante nasal. Já a versão Noite tem antialérgico e ajuda a dormir melhor. Veja como Benegrip Multi Dia e Multi Noite podem te ajudar.
*Linha com a maior quantidade de SKUs do mercado de antigripais. Fonte: IQVIA-PMB Mar/21. **Fórmula com alta concentração de ativos (800mg de paracetamol + 20mg de fenilefrina)

posts relacionados