Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Para mais informações, acesse o nosso Aviso Externo de Privacidade.

Guia completo sobre remédio para gripe: Tudo que você precisa saber!

27/05/2022 remedio-para-gripe

Ninguém gosta de ficar gripado, mas todo mundo quer um tratamento rápido e eficiente na hora de aliviar os sintomas, não é mesmo? Nesse contexto, um remédio para gripe é o principal aliado, com o intuito de auxiliar a controlar a febre, diminuir a sensação de dor, amenizar as inflamações e livrar a respiração do nariz entupido. 

Disponíveis em diferentes apresentações, principalmente em comprimidos e xaropes, os antigripais permitem diminuir o mal estar no corpo durante o período de manifestação da infecção respiratória, até que o sistema imunológico consiga combater e acabar com a presença do vírus no organismo. 

De fato, quando vamos falar sobre qual remédio é bom para gripe, apontamos os medicamentos para gripe, tratamentos caseiros e recomendações que servem para diminuir a carga no organismo e viabilizar a recuperação. 

Venha entender tudo sobre remédios para gripe. Vamos abordar os principais ativos, como agem e mostrar como a linha Benegrip utiliza esses compostos a fim de oferecer um tratamento completo para os sintomas da gripe. Aproveite a leitura! 

O que é a gripe?  

Começando por uma breve explicação sobre que tipo de enfermidade é a gripe. Trata-se de uma infecção viral que atinge o sistema respiratório por completo, desde as vias aéreas superiores até os pulmões. 

O vírus da Influenza, causador da doença, invade o organismo principalmente por meio da inalação de gotículas contaminadas dispersas no ar que respiramos. Uma pessoa com o vírus pode expelir essas micropartículas ao falar, expirar, tossir ou espirrar. 

A gripe passa para outra pessoa também quando essa saliva contaminada fica depositada em objetos diversos, como copos, canetas, maçanetas e outros. O vírus sobrevive um curto período nessas superfícies, tempo suficiente para que uma pessoa saudável toque neles e se contamine ao levar as mãos ao rosto. 

Uma vez instalado no organismo, ele passa a invadir as células do sistema respiratório, utilizando seus mecanismos para se multiplicar, enquanto impede a manutenção da função biológica dessas estruturas. 

Isso implica a reação do sistema imunológico, que responde com medidas para diminuir a propagação do vírus e sua expulsão do nosso corpo, o que acaba por provocar os principais sintomas da doença. 

Sintomas clássicos da gripe 

De modo geral, os principais sintomas da gripe clássica são: 

  • Febre alta, de início súbito e temperaturas acima de 38 ºC; 
  • Dor de cabeça, nos músculos e articulações; 
  • Fadiga e prostração; 
  • Garganta inflamada; 
  • Tosse; 
  • Coriza e congestão nasal; 
  • Calafrios. 

Evolução do quadro e quanto tempo dura uma gripe 

Em média, a gripe costuma durar de sete a dez dias, com maior intensidade de sintomas nos primeiros três ou quatro. O primeiro sintoma a se manifestar costuma ser a febre, que deve perdurar nesse período inicial e cessar após o quarto ou quinto dia do quadro. 

Daí em diante, os demais sintomas tendem a diminuir gradativamente, até a recuperação completa do paciente. Caso os sintomas permaneçam inalterados após os primeiros cinco dias, sem resposta efetiva ao tratamento, é recomendado procurar atendimento médico. 

Também é importante avaliar cuidadosamente a evolução da doença em pessoas dos grupos de risco da gripe, que são crianças até cinco anos de idade, gestantes, lactantes, idosos e pacientes com comorbidades. 

Tipos de gripe 

O vírus da gripe pode ser classificado nos tipos A, B, e C, cada um deles provocando uma variação da doença e atingindo grupos específicos de hospedeiros, além de apresentar subtipos de acordo com a sua genética. 

Esses três grupos são capazes de afetar os humanos, com a Influenza A apresentando o potencial de causar pandemias. Isso se deve a sua composição genética que combina diferentes quantidades de moléculas de proteínas, como a hemaglutinina e neuraminidase, que facilitam o surgimento de variantes. 

É o caso de gripes como a H1N1, H3N2 e H1N2, que são as mais comuns em humanos, mas que também atingem outros seres, como porcos, aves e cavalos. 

Tratamento da gripe 

Chegou a hora de falar sobre o que é bom para gripe, ou seja, abordar qual o tratamento mais indicado e os principais medicamentos que auxiliam no cuidado com os sintomas da infecção.  

De fato, antes de falar sobre o remédio para gripe, é importante relembrar as principais recomendações para quem está com a doença.  

Em primeiro lugar, faça bastante repouso e fique isolado se possível. Isso irá evitar qualquer carga adicional ao organismo, diminuirá a sensação de mal estar, evita a fadiga e ainda pode diminuir a exposição de outras pessoas ao vírus, impedindo o surgimento de novos casos. 

Junto disso, eleve a ingestão de líquidos, principalmente água. Ela é essencial para o corpo se recuperar e é comum a febre, principal sintoma da doença, provocar quadros de desidratação. 

A alimentação também desempenha um papel importante para a cura da gripe. Com sopas, caldos, canjas e outras comidas quentes, ricas em nutrientes e líquidos, é possível aliviar a inflamação, facilitar a hidratação e manter as reservas nutritivas em alta, fornecendo ao corpo tudo que precisa para combater a infecção. 

Por fim, descansar e dormir bem são medidas muito benéficas para o tratamento da gripe, já que diminuem ainda mais o impacto dos sintomas, preservam o organismo e permitem atividade metabólicas específicas para livrar o corpo do vírus. 

Adotando essas medidas, a recuperação tem grandes chances de ocorrer no tempo previsto, evitando qualquer risco de complicações. Junto disso tudo, os remédios para gripe servem para aliviar os sintomas gerais e promover o bem-estar da pessoa gripada. 

Remédio para gripe: ativos importantes 

Sabemos que para melhorar da gripe, é preciso deixar o próprio corpo combater o vírus, por meio de uma série de reações e mecanismos de defesa do nosso sistema imunológico. Contudo, essas respostas também causam desconforto e estão por trás dos principais sintomas da gripe. 

Para diminuir o mal estar, um remédio para gripe é voltado para diminuir esse impacto e evitar sintomas muito persistentes, que possam gerar um enorme desconforto para pessoa gripada.  

Independente do composto utilizado na fórmula do medicamento para gripe, os principais ativos, funções que eles cumprem quando ingeridos, são os seguintes: 

  • Analgésicos; 
  • Antitérmicos ou antipiréticos; 
  • Antialérgicos e descongestionantes; 
  • Anti-inflamatórios. 

Analgésico 

A função dos ativos analgésicos é diminuir a sensação de dor, reduzindo a ação das células do sistema nervoso que captam e propagam esse doloroso sinal. Com isso, as dores causadas pelos processos inflamatórios são diminuídas, permitindo que a pessoa descanse melhor e sofra menos durante a infecção. 

Antitérmico 

O ativo antitérmico, também chamado de antipirético, é aquele voltado para fazer a febre ceder, mesmo que por um breve período.  

O aumento da temperatura ocorre exatamente para transformar o organismo em um ambiente menos propício ao vírus, porém, isso também provoca um grande incômodo e pode levar a novos riscos. 

De todo modo, a febre ocorre pela ação de enzimas que elevam limiar térmico do organismo, ao mesmo tempo que o corpo passa a trabalhar para reter o calor. O antitérmico age bloqueando essa enzima, idealmente cortando a febre ou diminuindo a temperatura. 

Antialérgico ou descongestionante 

Os processos inflamatórios da gripe causam muita irritação nas mucosas, provocando sintomas como congestão nasal e coriza. Logo, os antialérgicos e descongestionantes servem para cortar a metabolização de histamina e reduzir a coceira e irritação nas narinas e na garganta. 

Anti-inflamatório 

A inflamação provocada pela gripe é uma reação do organismo, que dilata os vasos sanguíneos para facilitar o transporte de células de defesa até a região afetada. Porém, quando isso se estende por longos períodos, pode levar a lesões e complicações diversas. 

Para reduzir esse efeito, temos o ativo anti-inflamatório que visa reduzir o inchaço e a dor nos locais afetados. 

Tipos de medicamentos para gripe 

Nesse contexto, os remédios para gripe costumam vir em forma de comprimido, xarope (antigripal líquido) e remédios para gripe dia e noite, que são uma variação dos primeiros, com uma composição voltada para aliviar os sintomas de acordo com o período do dia. Entenda: Observando as prateleiras de remédios para gripe, podemos constatar que existem diferentes versões e posologias. As formulações variam, seguindo os ativos citados no tópico anterior, mas com cada apresentação atendendo um perfil ideal de público, disponibilizando diferentes formas de tratamento. 

Comprimido para gripe 

Os comprimidos para gripe são o tratamento mais tradicional, com formulações capazes de fornecer os principais ativos no controle dos sintomas, principalmente ação analgésica, antitérmica e antialérgica. 

A ação anti-inflamatória costuma ser secundária em diversos compostos com função analgésica, por isso não é citada com tanto destaque como as demais. 

Xarope para gripe 

A versão de antigripais líquidos são xaropes que combinam os ativos principais no tratamento da gripe. Eles vão além da ação descongestionante ou expectorante, já que também servem para controlar dor, febre e inflamação. 

Normalmente, as fórmulas são voltadas para o tratamento da gripe infantil ou pessoas que possuem dificuldade em adotar os métodos tradicionais, principalmente quem tem não consegue engolir comprimidos com facilidade. 

Remédio para gripe dia e noite 

O remédio para gripe dia e noite costuma ser oferecido em drágeas ou cápsulas. Durante o dia, oferecem ação estimulante além de tratar a dor e a febre, à noite, eles somam a esse esforço o tratamento da coriza e congestão nasal, facilitando o repouso. 

De modo geral, durante o dia evita-se componentes que causam sono, porém, durante a noite eles são muito bem-vindos para promover um descanso otimizado. 

Linha antigripal de Benegrip 

A Benegrip possui uma linha completa de remédios para gripe e resfriados, que vão desde a versão tradicional até as apresentações mais recentes da linha Multi. Confira as principais características de cada um deles. 

Benegrip tradicional com comprimidos verde e laranja 

Os comprimidos para gripe da versão tradicional de Benegrip são voltados para tratar a dor, febre e reações alérgicas que surgem com a infecção. O seu uso é indicado para maiores de 12 anos de idade e pessoas que não possuem hipersensibilidade aos seus componentes. 

Falando nisso, a composição de Benegrip tradicional possui dipirona, que ajuda a aliviar a dor, inflamação e a febre, o maleato de clorfeniramina, que atua como antialérgico, e a cafeína, que age como estimulante e combate a fadiga. 

O tratamento consiste em tomar duas drágeas coloridas, uma verde e outra amarela, de três a quatro vezes por dia. Para mais informações, consulte a bula de Benegrip

Benegrip Multi antigripal líquido 

O Benegrip Multi é um antigripal líquido, indicado para o tratamento da gripe infantil a partir dos dois anos de idade. Com sabor de frutas vermelhas, esse xarope é mais fácil de ser aceito pelos pequenos, além de ser uma alternativa válida para pessoas com dificuldade de deglutição. 

Sua fórmula com paracetamol, cloridrato de fenilefrina e maleato de carbinoxamina combinam os três principais ativos contra a gripe, antitérmico, antialérgico e analgésico. 

Você pode consultar a bula de Benegrip Multi para mais informações. 

Benegrip Multi Dia e Noite 

Benegrip Multi Dia e Noite são um tratamento completo que acompanham o paciente ao longo do dia, oferecendo um alívio dos sintomas de acordo com a sua rotina. Durante o dia, o paracetamol e o cloridrato de fenilefrina tratam a dor, febre e sintomas alérgicos sem causar sono. 

Já a noite, temos a adição de maleato de carbinoxamina, que reforça o alívio contra a coriza e congestão nasal, e facilitar o descanso, para que a pessoa gripada tenha uma noite bem dormida e tranquila, o que é essencial para a recuperação. 

Ambos os medicamentos são contraindicados para menores de 12 anos de idade e pacientes com comorbidades diversas. Para saber mais consulte as bulas de Benegrip Multi Dia e Benegrip Multi Noite

Viu só como age cada remédio para gripe? Esperamos que com essas informações você tenha mais tranquilidade para iniciar o tratamento mais adequado e eficiente ao seu caso, promovendo o alívio dos sintomas e recuperando o bem-estar. 

Antes de finalizar, confira algumas dicas de prevenção contra a gripe: 

  • Hábitos de higiene pessoal: lavar as mãos com frequência, evitar tocar o rosto quando estiver em público e cobrir a face com a parte interna dos cotovelos ao espirrar ou tossir; 
  • Uso de álcool em gel: quando não puder lavar as mãos com água e sabão, a higienização com álcool em gel ajuda a desinfectar as mãos e acabar com o vírus; 
  • Uso de máscaras: caso esteja com sintomas ou queira evitar a principal forma de contágio, o uso de máscaras em locais públicos, com aglomeração ou ambientes fechados é uma ótima opção; 
  • Reforço para a imunidade: adote hábitos saudáveis para sua vida e fortaleça a imunidade com a prática de atividades físicas regulares, dietas ricas em nutrientes essenciais, boas noites de sono e muita hidratação. 
  • Vacina da gripe: a vacina contra a gripe é desenvolvida anualmente para tratar as cepas em maior circulação naquele período, combatendo a sazonalidade da doença e sendo a forma mais eficaz de prevenção. Tome a vacina da gripe todos os anos! 

Se for gripe, Benegrip!

Imagem ilustrativa com embalagens dos produtos Benegrip, Benegrip Multi Dia, Benegrip Multi Noite e Benegrip Multi. Em fundo laranja, com o texto escrito

Benegrip tem a linha mais completa* do mercado para o tratamento dos sintomas de gripes e resfriados. Para promover o bem-estar e te ajudar a enfrentar a gripe , Benegrip está disponível em diferentes versões, para variados momentos e necessidades de toda a família!

Benegrip: versão tradicional e eficaz contra os sintomas da gripe. Com o poder dos 2 comprimidos (verde e laranja), combate as dores, febre, congestão nasal. Saiba mais sobre Benegrip

Benegrip Multi: antigripal líquido infantil para crianças a partir de 2 anos. Sua fórmula é feita à base de paracetamol, que combate as dores e a febre. Além disso, tem descongestionante e antialérgico que ajuda a acabar com o nariz entupido. Conheça o Benegrip Multi para cuidar da gripe das crianças!

Benegrip Multi Dia e Multi Noite: Fórmulas pensadas especialmente para os diferentes sintomas do Dia e da Noite e com forte** poder analgésico e descongestionante. A versão Dia não dá sono e contém descongestionante nasal. Já a versão Noite tem antialérgico e ajuda a dormir melhor. Veja como Benegrip Multi Dia e Multi Noite podem te ajudar.
*Linha com a maior quantidade de SKUs do mercado de antigripais. Fonte: IQVIA-PMB Mar/21.**Fórmula com alta concentração de ativos (800mg de paracetamol + 20mg de fenilefrina)