A GRIPE NAS CRIANÇAS

Gripes e resfriados são grandes vilões durante a infância, e, apesar de serem doenças comuns entre adultos, causam grandes desconfortos nas crianças. Estimativas indicam uma alta incidência de resfriado durante o ano, entre seis a sete episódios em crianças contra três a quatro episódios em adultos.
Vamos conhecer mais sobre essas doenças?

SINTOMAS

Vocês sabia que o quadro de sintomas das crianças é diferente do quadro de sintomas de uma pessoa adulta? Por isso, é muito importante prestar bastante atenção em qualquer mudança de comportamento nos pequenos já que eles podem não saber explicar exatamente o que estão sentindo.

CAUSAS

As crianças possuem um sistema imunológico menos desenvolvido, devido ao pouco contato com o ambiente externo. Por isso é bastante comum as crianças terem mais gripes e resfriados no primeiro ano de escola pela exposição à agentes infecciosos novos que até então não tinham tido contato dentro de casa.

Além disso, a permanência em ambientes fechados com pouca circulação de ar como as salas de aula facilitam a circulação dos vírus aumentando consideravelmente as chances de contágio.

  Por último, o contato físico é mais frequente e mais próximo entre as crianças do que entre os adultos, o que facilita a transmissão do vírus entre elas.

COMO EVITAR

Uma boa alimentação ajuda a garantir os nutrientes necessários para o bom funcionamento do sistema imunológico. Demonstrar a importância de uma boa higiene e estimular a criança a ter como hábito lavar as mãos evita que eles levem os vírus às zonas de contágio como nariz, boca e olhos.

  Fique atento ao ar condicionado e aquecedores no quarto ou em ambientes muito frequentados pela criança. Eles ressecam o ar, que por sua vez pode ressecar o aparelho respiratório, facilitando a entrada de vírus e bactérias no organismo.

  Vacina contra a gripe, sobretudo em crianças com problemas respiratórios. No Brasil, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe ocorre gratuitamente nos postos de saúde entre os meses de abril e maio.

  Evitar aglomerações de pessoas e o contato próximo com pessoas gripadas ou resfriadas.

Algumas medidas ajudam a
prevenir gripes e resfriados

COMO TRATAR?

A hidratação é muito importante, portanto ofereça sucos, águas e chás sempre que possível. Estar hidratado ajuda a eliminar as secreções com mais facilidade e é fundamental durante quadros de febre.

Remédios para a gripe ajudam a aliviar os sintomas como dores, febre e congestão nasal. É importante procurar medicamentos que não possuam acido acetilsalicílico em sua formulação, pelo risco do desenvolvimento de uma doença rara da síndrome de Reye em crianças.

Ofereça refeições menores e mais frequentes ao longo do dia para evitar quadros de enjoo.

O repouso é um fator importante e ajuda a acelerar a recuperação do corpo.

PODE PIORAR SE NÃO TRATADA?

Sim, caso os sintomas persistam, deve-se procurar um médico, uma vez que as crianças são mais suscetíveis a complicações sérias do que adultos e podem não saber se expressar devidamente.